Cuiabá, 01 de Dezembro de 2022
logo

05 de Dezembro de 2016, 10h:20 - A | A

JUDICIÁRIO / PRÊMIO PARA CORRUPTOS

MT gasta R$ 3,8 milhões ao ano com juízes condenados pelo CNJ

No Estado, os gastos com as aposentadorias de magistrados, em valores brutos, é de R$ 3.803.775,95, anualmente, segundo levantamento do site UOL

DA REDAÇÃO



Um levantamento feito pelo site UOL junto ao Portal da Transparência dos tribunais de Justiça e às assessorias dos órgãos judiciários revela que a punição por aposentadoria compulsória de juízes e desembargadores custa R$ 16,4 milhões aos cofres públicos, anualmente, em pensões vitalícias e valores brutos.

Em Mato Grosso, os gastos com as aposentadorias de magistrados, em valores brutos, é de R$ 3.803.775,95, anualmente.

No total, são 11 os punidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), entre juízes e desembargadores, no Estado. Parte dos juízes foi punida por beneficiar uma loja maçônica em Cuiabá.

Uso do cargo para beneficiar loja maçônica, vendas de sentenças, relações pessoais com traficantes e assédio sexual a servidoras de tribunais.

Segundo o UOL, é grande a lista de crimes cometidos por juízes e desembargadores em todo o país que levou o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) a determinar a aposentadoria compulsória de 48 magistrados desde 2008.

O montante gasto com os 48 magistrados condenados pelo CNJ daria para pagar com folga durante três anos os salários dos 11 ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). Eles custam, juntos, cerca de R$ 5 milhões por ano entre vencimentos e impostos.

Conforme o levantamento, o valor médio recebido anualmente por juiz ou desembargador condenado com a aposentadoria compulsória varia de R$ 237 mil a R$ 329 mil, conforme a diferença entre vencimentos líquido e bruto.

Os valores mensais foram multiplicados por 13 meses para chegar ao total anual, considerando o 13º salário.

Leia AQUI a íntegra da reportagem do UOL.

 

Comente esta notícia

Alex Dias Tadeschelli 05/12/2016

E ainda querem que eu vá às ruas protestar contra uma medida que tenta CRIMINALIZAR de forma CLARA os abusos e atrocidades feitas por alguns irmãos de toga...agora quááándu...

1 comentários

1 de 1