Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

13 de Dezembro de 2016, 14h:00 - A | A

GERAL / ALUNOS DA UFMT

Polícia Civil vai apurar ato de vandalismo na Avenida Fernando Corrêa

O ato ocorreu na manhã desta terça-feira (13). Assim que chegaram ao local os policiais não encontraram nenhum responsável.

DA REDAÇÃO



A Polícia Judiciária Civil deve apurar as responsabilidades do ato que provocou a interdição de um trecho da Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, na manhã desta terça-feira (13).

Pelo apurado preliminarmente pela Polícia, o fato ocorrido na avenida caracteriza ação de vandalismo e crime de incêndio e, por isso, será devidamente apurado.
A pista foi interditada pro estudantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que fazem parte do movimento chamado Ocupa UFMT.

 
A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) tomou conhecimento, por intermédio do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciosp), que pneus estavam sendo queimados na avenida, próximo à UFMT.

Equipes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros foram deslocadas imediatamente para o local. Os bombeiros apagaram o incêndio e liberaram a via pública, retomando o fluxo normal de trânsito na avenida no sentido Coxipó/Centro.

Nenhum responsável pelo bloqueio foi encontrado no local.

O bloqueio, realizado na pista sentido bairro/Centro atrasou todo o sistema de transporte coletivo, que passa pelo local, assim como quem seguia de carro.

O protesto foi contra a aprovação da PEC 55, a Proposta de Emenda à Constituição que estabelece limite para o aumento dos gastos públicos pelos próximos 20 anos.

Álbum de fotos

Comente esta notícia