Cuiabá, 29 de Novembro de 2022
logo

24 de Novembro de 2016, 16h:35 - A | A

GERAL / ESTRADA DA GUIA

Governo de MT lança duplicação na próxima terça; veja como deve ficar

Governo irá fazer investimentos na ordem de R$ 31 milhões para duplicação. A primeira fase de obras consiste em executar a recuperação funcional do atual pavimento da Estrada da Guia. Em paralelo, será feita a duplicação da rodovia.

DA REDAÇÃO



O Governo do Estado lançará a duplicação de 4,9 quilômetros da Rodovia Helder Cândia (MT-010), a popular ‘Estrada a Guia’, tirando do papel um antigo sonho da população da Baixada Cuiabana. A cerimônia está marcada para terça-feira (29.11), a partir das 8h30, em frente à Escola de Formação da Polícia Militar, e contará com a presença do governador Pedro Taques.

Com o início da obra na Estrada da Guia, pela primeira vez na história, o Governo do Estado executará, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), as duplicações de três rodovias estaduais simultaneamente.

Com o início da obra na Estrada da Guia, pela primeira vez na história, o Governo do Estado executará, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), as duplicações de três rodovias estaduais simultaneamente. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Além da MT-010, estão sendo duplicadas em ritmo acelerado as rodovias Emanuel Pinheiro (MT-251), entre o Atacadão e a Fundação Bradesco, e a Palmiro Paes de Barros (MT-040), que dá acesso a Santo Antônio de Leverger. As MTs 251 e 040 serão finalizadas em 2017, e a MT-010 em 2018. 

As obras fazem parte do programa Pró-Estradas Vale do Rio Cuiabá, o maior conjunto de obras da história desta região, que prevê investimento superior a R$ 1 bilhão. As ações vão impactar diretamente a vida de 900 mil habitantes de 13 municípios, ou seja, quase um terço da população mato-grossense. Porém, o benefício será para todo o estado. 

Em um ano e dez meses de gestão, o Governo do Estado já concluiu 1,3 mil quilômetros de asfalto em rodovias estaduais, entre obras de construção e reconstrução do antigo pavimento, que estavam degradados.

Padrão de qualidade

A Estrada da Guia será duplicada no perímetro urbano de Cuiabá, entre o entroncamento com a Estrada de Chapada dos Guimarães (MT-251) e o trevo de acesso ao Rodoanel. A primeira fase de obras consiste em executar a recuperação funcional do atual pavimento da Estrada da Guia. Em paralelo, será feita a duplicação da rodovia.

“O projeto se assemelha ao da obra que vem sendo realizada na MT-251, que liga Cuiabá a Chapada. Serão duas pistas de cada lado, além de um canteiro central de nove metros, em cujo eixo haverá uma ciclovia. Também teremos calçadas de cinco metros em cada lado. Estamos trabalhando com um padrão diferente de qualidade”, explicou o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte.

Fonte de recursos

O Governo fará investimento de R$ 30.806.068,71 na duplicação da MT-010, com recursos “carimbados” oriundos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide).  A previsão é que tudo fique pronto até o final de 2018.

“O Estado tem demonstrado que, com planejamento estratégico e trabalho sério, é possível fazer os investimentos necessários para mudar a vida do cidadão, superando o atual momento de crise econômica”, afirmou o secretário.

O Pró-Estradas utiliza-se de diversas fontes de recursos, entre elas Fethab, Cide, BNDES/Pró-Turismo, DNIT e Banco do Brasil. 

Álbum de fotos

gcom

Comente esta notícia

Renan 25/11/2016

Eliezer vou desenhar. Esse dinheiro foi parte de uma emenda enviada pelo Senador Blairo Maggi. Esse dinheiro não pode ser desviado para outra finalidade. Entendeu?

eliezer 24/11/2016

queria entender tem dinheiro para fazer a duplicacao mas nao tem dinheiro para saude do cidadao nao adianta nada ter vias duplicadas se o cidadao nao tem saude para desfrutar vai aproveitar o que claro que a duplicacao e importante mas nao e mas que a saude saude educacao e seguracao tem que ta em primeiro lugar

2 comentários

1 de 1