Cuiabá, 12 de Agosto de 2022
logo

09 de Dezembro de 2017, 17h:23 - A | A

GERAL / BINGO BENEFICENTE

Família pede ajuda para salvar garota grávida e com câncer no rosto

Devido á doença, Sulaine Neves já perdeu a visão de um olho e precisa de tratamento em hospital com suporte necessário para o caso. A família promove um bingo para arrecadar recursos.

CAMILA PAULINO
DA REDAÇÃO



Familiares e amigos da adolescente Sulaine Neves da Silva, de 15 anos, que está grávida de sete meses, pedem ajuda para custear o tratamento de câncer no rosto da garota e conseguir realizar o parto em um hospital que tenha estrutura para o caso.

A família está fazendo uma rifa e vai realizar um bingo, como forma de arrecadar recursos.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Os familiares também pedem doações de medicamentos, roupas e artigos que possam ser oferecidos na rifa e bingo.

A irmã da garota, Emília Rodrigues da Trindade Neta, de 26 anos, usou sua página no Facebook para fazer um apelo à sociedade em benefício de Sulaine.

"Aqueles que puderem nos ajudar com qualquer valor, ficaremos eternamente gratos", disse ela na publicação.

Sulaine mora com a família no Distrito Itamarati Norte, em Campo Novo do Parecis (397 km de Cuiabá), e está internada no Hospital Geral de Cuiabá desde o dia 29 de novembro. 

Emília informou que Sulaine foi internada há um mês, em Tangará da Serra (242 km de Cuiabá), depois foi transferida para Cuiabá, onde ela passou por exames que foram enviados à São Paulo, para tentar detectar qual o tipo de câncer que está em seu rosto, pois ela já perdeu a visão de um dos olhos.

Os recursos vão ajudar a custear o tratamento da adolescente e também pagar a dívida de R$ 45 mil que ficou no hospital particular que a menina ficou internada.

A adolescente espera uma menina e os médicos disseram que ela precisa ter a criança com urgência. 

"A bebê dela está bem de saúde, mas o parto precisa ser feito com urgência e o hospital onde ela está internada não possui muitos recursos para lidar com a situação. Por isso, estamos tentando conseguir dinheiro para levá-la para o Centro Infantil Boldrini [em Campinhas (SP)]", relatou Emília na postagem.

A família tenta transferir a adolescente para um hospital filantrópico e especializado em oncologia de pacientes adolescentes e jovens. A unidade atende pessoas com até 29 anos com suspeita ou diagnóstico de câncer ou doença sanguínea e realiza o tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Quem quiser colaborar pode entrar em contato com Emília, pelo telefone (65) 9 9944-5545 (whatsApp)

A conta para depósito é do Banco Caixa Econômica Federal (CEF) ag 2086 / conta poupança 26562-0 / operação 013 em nome de Emilia Rodrigues.

Álbum de fotos

RepórterMT/Reprodução

RepórterMT/Reprodução

RepórterMT/Reprodução

Comente esta notícia