facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 21 de Junho de 2024
21 de Junho de 2024

27 de Novembro de 2022, 18h:30 - A | A

GERAL / UNIDADE DE CONSERVAÇÃO

Edital de concessão do Parque de Chapada dos Guimarães é lançado; Governo de MT é principal interessado

O Governo de Mato Grosso é o maior interessado e através do MT Par deve participar do evento de disputa pelo controle da unidade de conservação.

DO REPÓRTER MT



O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) publicou o edital de concessão para prestação de serviços públicos de apoio à visitação, revitalização, modernização, operação e manutenção do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso.

O projeto foi elaborado pelo  Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em parceira com os Ministérios do Meio Ambiente (MMA) e do Turismo (MTur), utilizando estudos feitos pelo Consórcio Carcará Parque Brasileiros.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Estão previstos investimentos de cerca de R$ 18 milhões em melhoria da infraestrutura da área de visitação, além da implementação de novos atrativos. Estima-se ainda a aplicação de R$ 200 milhões na operação e gestão da unidade oferecendo serviços de qualidade e proporcionando boas experiências ao visitante.

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães foi qualificado no Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI) para fins da concessão para prestação de serviços de apoio à visitação pelo Decreto nº 10.673, de 13 de abril de 2021. O leilão está previsto para acontecer no dia 20 dezembro.

O Governo de Mato Grosso é o maior interessado e através do MT Par deve participar do evento de disputa pelo controle da unidade de conservação.

Parque Nacional da Chapada dos Guimarães

Criado em 1989, o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães possui 32630 hectares de área para assegurar e proteger amostras significativas dos ecossistemas locais, além de espécies nativas do Cerrado, inclusive ameaçadas de extinção. Além disso, o Parque é dono de paisagens únicas e abriga sítios arqueológicos que ajudam a contar o povoamento da região. Em 2000, foi declarado como Reserva da Biosfera do Pantanal.

O acesso à unidade é bastante simples, por meio da rodovia MT-251. O aeroporto Marechal Rondon, que fica em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), fica há apenas 64km de distância do Parque. Por via terrestre, o Parque dista 50 km da capital do Mato Grosso. A proximidade com Cuiabá também torna a unidade atrativa para a visitação.

Em 2019, o Parque recebeu mais de 180 mil visitantes, figurando dentre os parques nacionais mais visitados no país.

Comente esta notícia