facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

13 de Junho de 2024, 16h:44 - A | A

GERAL / BRASILEIRÃO

Dourado pode deixar a zona de rebaixamento se vencer o Cruzeiro

Após vencer seu primeiro jogo na competição, com a goleada sobre o Criciúma por 5 a 2 no domingo (09), o Dourado ocupa a 19º posição na tabela.

FELIPE SANTOS
DO REPÓRTERMT



O Cuiabá entra em campo nesta quinta-feira (13) diante do Cruzeiro, às 18h [horário de Mato Grosso], no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. O jogo é valido pela 8ª rodada do Campeonato Brasileiro, e será a oportunidade de o Cuiabá de deixar a temida zona de rebaixamento. Após vencer seu primeiro jogo na competição, com a goleada sobre o Criciúma por 5 a 2 no domingo (09), o Dourado ocupa a 19º posição na tabela com 4 pontos somados, e depende só dele mesmo para sair desta situação adversa.

Na abertura da rodada, seus adversários diretos ajudaram o time mato-grossense, Corinthians (15º) e Atlético-GO (18º) empataram em 2x2. Já o Fluminense (16º) perdeu para o Botafogo, por 1x0 no clássico carioca. Isso deixou aberta a possibilidade de o Cuiabá deixar a zona de rebaixamento.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O Dourado defende um retrospecto mediano diante do Cruzeiro, em quatro jogos trinfou em duas oportunidades. Na temporada passada, a equipe venceu o duelo do turno em Minas, por 1x0 gol de Deyverson. O Cruzeiro sequer marcou gols no Cuiabá no confronto direto. Os retrospectos do confronto, além de duas vitórias do Dourado, incluem outros dois empates em 0x0.

Para o duelo desta quinta, o técnico Petit não conta com o meia Lucas Fernandes e o volante Filipe Augusto em reta final de recuperação, com o zagueiro Gabriel Knesowitsch, se recuperando de alergia, com o atacante Derik Lacerda, com entorse no joelho, e com o lateral direito Matheus Alexandre, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

O jogo terá transmissão dos canais por assinatura Sportv e Premiere.

Comente esta notícia