Cuiabá, 30 de Junho de 2022
logo

Quarta-feira, 09 de Novembro de 2011, 11h:15 - A | A

SÉRIE C

Só a vitória interessa ao Luverdense

A equipe mato-grossense joga hoje no Rio Grande do Norte sabendo que apenas a vitória interessa para manter o sonho de subir para a Série B

DIÁRIO DE CUIABÁ

Luverdense e América do Rio Grande do Norte se enfrentam às 20h30 de hoje em confronto decisivo pela da Série C do Campeonato Brasileiro. Lanternas do Grupo E, com um ponto apenas, apostam na reação e buscam a primeira vitória. “É jogo de seis pontos”, diz o presidente Helmute Lawisch. Ele entende que este é o jogo-chave de sua equipe e ‘pede’ pela imparcialidade do ‘trio’ que vai apitar o jogo. Helmute lembrou que nas duas partidas anteriores sua equipe foi prejudicada pela arbitragem e cobra apenas imparcialidade dos ‘homens de preto’.

O técnico do Luverdense, Luiz Carlos Lisca, entende que o jogo desta noite é o mais difícil de sua equipe. “O principal adversário nosso está sendo a falta de tranquilidade nas finalizações. Nas duas partidas anteriores o time foi muito bem. Tirando os erros da arbitragem, os resultados seriam diferentes, mas não adianta mais lamentar. Temos que entrar em campo determinados a buscar nossa primeira vitória e não marcar bobeira como das vezes passadas”, disse.

E para enfrentar o América, Lisca confirmou o retorno do lateral-direito João Paulo e do atacante Ray, que cumpriram suspensão automática no empate em um gol com o Paysandu no último domingo em Lucas do Rio Verde. No jogo o goleiro Tiago Volpi foi expulso e cede seu lugar para Gabriel. “Não temos muito o que mudar, mas o time está ciente de que chegou o momento de reagirmos na competição e este é um jogo-chave para nós”, anunciou. Lisca não comentou, mas o ala-esquerda Robinho sentiu uma velha lesão e foi substituído pelo recém-contratado Ismael.

No América, o técnico Flávio Araújo usou o confronto de domingo entre Luverdense e Paysandu para motivar seu grupo, argumentando que o melhor resultado para o América aconteceu em Mato Grosso. “O empate em 1 a 1 é a luz no fim do túnel para nossa equipe. Temos que aproveitar esse momento e fazer o dever de casa e construir um resultado positivo, que vai deixar nosso time em uma situação mais cômoda na tabela de classificação”, argumentou o treinador.



AMÉRICA

Fabiano; Rafinha, Adalberto, Bebeto e Marcel; Fernando, Souza e Ivan Gonzalez; Wanderlei, André Neles e Nadson; Técnico: Flávio Araújo

LUVERDENSE

Gabriel; João Paulo, Lacerda, Cléber Carioca e Ismael; Gilson, Dê, Régis e Alan; Gabriel Davis e Ray. Técnico: Lisca.

Árbitro: Nilson Nogueira Dias.

Assistentes: Alcides Augusto de Lima Júnior e Albino Andrade Albert Júnior, trio de Pernambuco.

Horário: 20h30.

Local: Estádio Nazarenão, em Goianinha (RN).

Comente esta notícia