Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Quinta-feira, 02 de Junho de 2022, 19h:15 - A | A

INVERTEM VALORES

Coronel detona lacradores: Se é bandido, como pode ser bom?

Assis é pré-candidato a deputado federal e defende que a pena seja cumprida na íntegra sem liberdade antecipada

DO REPÓRTERMT

Pré-candidato a deputado federal pelo União Brasil, o ex-comandante da Polícia Militar, coronel Jonildo Assis, fala ao RepórterMT sobre as propostas a serem apresentadas, na meta de compor a bancada da bala na Câmara Federal.

Assis defende mudança nas normas processuais penais para que o criminoso cumpra todos os anos de condenação atribuídos a ele pela Justiça, sem conseguir progressão antes disso e se livrar da cadeia. Para o coronel, dessa forma a pena será educativa.

O coronel também critica que há inversão de valores.

“Às vezes as pessoas perguntam: você acha que todo bandido é mau? Se o cara é bandido, como ele pode ser bom?”, destaca.

Na entrevista ele comenta ainda sobre a polêmica a respeito da suspensão do concurso da Polícia Militar em Mato Grosso e opina sobre os testes físicos para ser aprovado no concurso.

Confira aqui a íntegra:

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

Ana Paula 14/06/2022

Realmente nesse momento os candidatos mostram os ideais que vão defender, mas se a gente não eleger pessoas como ele, que querem a mudança, e outros que pensam como ele, ela nunca virá. Um deputado Federal sozinho, naquele lugar não mudará a história desse país, mas hoje jé temos um candidato que busca mudar essa vergonha que vivenciamos todos os dias.

joao jj 07/06/2022

por isso que se fala é teste fisico é teste fisico, quer moleza, vai trabalhar na assembleia legislativa, tribunal de faz de contas, tribunal de injustiça e forum de cuiaba....kkkk

Antonio 03/06/2022

Vem mais um ai com discurso vazio. A constituição Federal proíbe a condenação perpétua, a pena de morte e as penas degradantes do ser humano. Então qualquer papo que não respeite a constituição é letra vazia, discurso para acéfalos ou coisa parecida. Com certeza não passará uma emenda constitucional nesse sentido , então mais um pra receber salários como político sem fazer nada que preste.

CAC 03/06/2022

Muito boa entrevista. Realmente, a impunidade que a lei dá é muito grande. Temos que revisar urgente essa questão.

Roberto 03/06/2022

Seria ótimo se fosse verdade, na campanha tudo é muito lindo, se elege e não muda nada, leis só afrouxam, Brasil o pais da impunidade. Bolsonaro antes de eleger falava duro com bandidos, agora é aliado do centrão, corrupção batendo a porta..

José Carlos Araújo 02/06/2022

Concordo com diversos casos de inversão de valores, mas esse ai já está em campanha... E tem gente que acredita. Hipocrisia. A lição de casa já está pronto... Por isso que a política sempre será a velha política.. Existem muitos fanfarrões assim, preparados para retoricamente. Existe até um manual, neste período, chega a ser nojento certos assuntos.

6 comentários

1 de 1