Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Sexta-feira, 28 de Outubro de 2011, 20h:19 - A | A

ENEM AÍ COM A EDUCAÇÃO

Justiça dá até segunda-feira para MEC explicar vazamento de questões

A Justiça Federal no Ceará, por meio do juiz federal Luiz Praxedes Vieira, determinou um prazo de 72 horas para que o Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), autarquia do Ministério da Educação responsável pela organização do Exame Nacional do Ensino Médio se manifeste a respeito da antecipação de questões do Enem por uma escola de Fortaleza. O Inep havia pedido um prazo de 10 dias para se manifestar “tendo em vista a complexidade do assunto”, o que foi negado pelo juiz federal. “O prazo assinalado correrá minuto a minuto da hora do recebimento da intimação”, afirma o juiz. O instituto terá até 10h48 (horário de Fortaleza) de segunda-feira (31). Com o vazamento, o MEC passou atestado de incompetência e conseguiu, mais uma vez, colocar em xeque o sistema de avaliação, tido antes como modelo. 

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Comente esta notícia