Cuiabá, 05 de Outubro de 2022
logo

29 de Novembro de 2013, 14h:00 - A | A

CIDADES / MORTE NA MIGUEL SUTIL

Adolescente que atropelou servidor da Sefaz é encaminhado ao Complexo do Pomeri nesta sexta

Justiça determinou internação de menor após novo pedido do MP

TITA MARA TEIXEIRA
DA REDAÇÃO



O adolescente M.H.P.A, de 14 anos, que atropelou o servidor público Enéas Cardoso Filho na Avenida Miguel Sutil, na última terça-feira (26), será encaminhado para uma ala especial do Complexo do Pomeri. A decisão foi proferida pela Juíza da Primeira Vara da Infância e Juventude da Comarca da Capital, Gleyde Bispo dos Santos, após um pedido encaminhado pelo Ministério Público Estadual (MPE) nesta quinta-feira.

O menor deve ficar internado na unidade durante um prazo de 45 dias e depois, deverá passar por uma reavaliação. O pedido foi retificado pelo promotor Manuel Rezende após novos depoimentos de testemunhas. Na representação inicial, o menor deveria cumprir medidas socioeducativas em liberdade assistida e com prestação de serviços à comunidade.

De acordo com o promotor, os depoimentos das testemunhas pesaram  sobre a decisão,  ao afirmarem não ser a primeira vez que o menor dirigia o veículo, contrapondo a afirmação do avô, que disse à polícia não ter conhecimento da informação.


O menor deverá responder pelos crimes de homicídio culposo, quando não há intenção de matar, lesões corporais culposas na condução de veículo, previstos no Código de Trânsito Brasileiro.

Conforme depoimento prestado à Polícia no dia do acidente, o estudante afirmou que perdeu o controle da direção após uma falha mecânica do veículo, que travou o volante enquanto ele fazia a curva na Avenida Miguel Sutil. A Delegacia Especializada do Adolescente conduz o inquérito que irá analisar as imagens do circuito interno de segurança que gravou o momento do acidente, bem como fotos e gravações de áudio.

O resultado do inquérito será encaminhado á Justiça no prazo de 30 dias. A investigação corre em segredo de Justiça.

Crime


O atropelamento ocorreu por volta das 20h30 desta terça-feira (26), na Avenida Miguel Sutil, perto do viaduto da Rodoviária. De acordo com a Polícia Civil, o veículo trafegava em alta velocidade quando o menor perdeu o controle da direção e atropelou as vítimas, só vindo parar após atingir o muro do Hotel “São Francisco’’. Os garotos foram rendidos pelos próprios operários das obras que estavam hospedados no hotel, com a promessa de que não seriam agredidos.

Outro pedestre que caminhava pela avenida logo atrás do ciclista é o publicitário, Rafael Bergman, de 23 anos. Ele teve traumatismo craniano e foi encaminhado em estado grave e se recupera em um hospital da Capital. A terceira vítima e o operário das obras a Arena Pantanal, Wanderlei Gomes Sopro, imigrante de Pernambuco, que assim como os outros trabalhadores da obra estão hospedados no hotel.

Comente esta notícia