facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 22 de Julho de 2024
22 de Julho de 2024

11 de Outubro de 2017, 08h:06 - A | A

VARIEDADES / VEJA O VÍDEO

Mulher pega tubarão nos braços para devolvê-lo ao mar

O animal estava preso em uma espécie de piscina natural, formada por pedras na praia do subúrbio de Cornulla

EXTRA GLOBO



Uma australiana foi aclamada pela coragem ao assumir o risco de pegar um tubarão nos braços para ajudá-lo a voltar ao mar. O animal estava preso em uma espécie de piscina natural, formada por pedras na praia do subúrbio de Cornulla, a 26 quilômetros da capital Sydney. Melissa Hatheier passeava com a mãe no Oak Park quando avistou a barbatana.

Em vez de correr para longe do animal, a corretora de imóveis decidiu ir em direção ao tubarão e cercá-lo nas pedras para pegá-lo nos braços. Melissa viu a dificuldade do peixe de um metro em voltar ao oceano e planejou como levantá-lo pelas costas.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

"Eu pensei, sabe, se eu pudesse juntá-lo em um canto, nas sombras, eu poderia pegá-lo nos braços. Ele tinha cerca de um metro, era apenas um bebê", destacou a australiana à "Nova Radio".

Uma das três filhas de Melissa, Shannon sacou o celular para gravar a valentia da mãe. O vídeo foi publicado pela Conulla Real Estate, na qual a mãe trabalha, e já foi visto mais de 160 mil vezes no Facebook.

"A nossa 'pegadora de tubarões' Melissa Hatheier em luta livre para tirar um tubarão da piscina Oak Park! Bom trabalho, Mel!", lê-se na publicação da corretora. Nas redes sociais, internautas elogiaram a coragem e a solidariedade da australiana.

No vídeo, a mulher persegue o animal por alguns minutos e depois se abaixa para alcançá-lo na água. Depois de envolvê-lo nos braços, ela dá passos em direção à barreira de pedras e solta o animal no mar.

Segundo a mídia local, tratava-se de um tubarão-cobre — espécie que pode atacar humanos, sobretudo se houver disputa por comida. Melissa relatou que não se sentiu ameaçada pelo filhote.

"Eu apenas o peguei e lá ele se foi", minimizou a corretora, que brincou sobre uma possível inscrição entre os candidatos do reality show "Sobreviventes".

 

 

 

Comente esta notícia