Cuiabá, 30 de Janeiro de 2023
logo

06 de Dezembro de 2014, 08h:00 - A | A

VARIEDADES / EFEITO URACH

Maysa Abusada sofre com hidrogel e planeja retirada: 'Estou cheia de medo'

'É uma cirurgia complicada. Talvez precise raspar um pouco do músculo', diz a funkeira, que colocou 300ml do produto em cada nádega aos 18 anos.

EGO



Após o grave problema de saúde acarretado pela injeção de hidrogel nas pernas da modelo Andressa Urach - que segue internada em uma UTI de Porto Alegre - muitos outros casos de aplicações mal sucedidas do produto começaram a vir a público.

Assim como Urach e Dayane Cristina, a Mulher Jaca, Maysa Abusada foi mais uma vítima da técnica e não vê a hora de se livrar do hidrogel que injetou no corpo. A funkeira, de 26 anos, pretende acabar com o incômodo que sente desde que aplicou 300ml do produto em cada nádega, há oito anos.

"Eu coloquei esse hidrogel quando tinha 18 anos em Madureira, no Rio, e há três anos coloquei uma prótese de silicone por cima A.gora vou ter que retirar o que está embaixo da prótese e talvez precise raspar um pouco do músculo, pois não sabemos o quanto está infeccionado por dentro. É uma cirurgia complicada, estou cheia de medo", desabafou ela ao EGO na tarde desta sexta-feira, 5.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

Maysa relata que tem enfrentado vários problemas de saúde nos últimos tempos. "Fiquei internada no ano passado na semana do meu aniversário, com uma infecção nos rins. Há três meses tive febre, conversei com meu médico e ele disse que às vezes o liquido vai andando pelo corpo. Na tomografia apareceu uma região toda preta nas minhas costas e estou com uma bola do lado direito, entre a coxa e a polpa do bumbum".

Até sentar é um problema, confessa ela. "Minha bunda ficou muito grande, está toda roxa, sinto ardência, vermelhidão,... Queima, chega a sair lágrima dos olhos. Não consigo passar mais de dez minutos sentada que adormece. Estou tomando antibiótico e antecipei a cirurgia para janeiro por causa da infecção".

A funkeira não esconde que se arrepende muito da decisão de aplicar o produto: "Ainda era criança e estava todo mundo botando. Não tinha noção das consequencias, fui na pilha dos outros, nunca imaginei que isso fosse acontecer".

 

 

Comente esta notícia