Cuiabá, 30 de Junho de 2022
logo

Domingo, 23 de Outubro de 2011, 09h:34 - A | A

POLÊMICA

Joana Machado manda Alexandre Frota procurar a Justiça

O ator afirma que a vencedora de A Fazenda 4 lhe deve uma porcentagem do prêmio

O FUXICO

Joana Machado conversou com O Fuxico sobre o fato de Alexandre Frota reivindicar 20% do prêmio de R$ 2 milhões que ela ganhou em A Fazenda 4, da Record. A ex-peoa diz nunca teve nenhum tipo de relação profissional com o ator. Para ela, ele era apenas um colega.

“Eu fui convidada para A Fazenda 3, quando tinha acabado de terminar com o Adriano (Imperador). Eles insistiram e eu recusei porque não sabia se iria voltar ou se ia ficar separada. Quando eu decidi que não iria mais voltar para ele porque estava difícil e complicado, decidi aceitar o convite, mas eu não tinha mais os telefones do pessoal da produção. Eu tinha um amigo em comum com o Frota e ele estava trabalhando dentro da Record. Pedi a esse amigo para marcar um jantar com o Alexandre para eu pegar o telefone do Carelli, que é o diretor de A Fazenda, para eu ter este link”, conta Joana.

A personal treiner explica ainda que Frota deu seu telefone para o diretor do reality, que então a contatou. Ainda segundo Joana, os dois conversaram e a ela ficou como stand by da edição anterior do relity, na expectativa, caso a Janaína Jacobina fosse expulsa por algum motivo e ela entraria no lugar dela.

“O Carelli me falou ‘Joana, eu estava há muito tempo pedindo pra você entrar, mas agora você disse que não quer e agora mudou de ideia?’. Eu disse ‘Mas agora eu quero!’. Ou seja, eu não tenho nada com o Frota, só este dia que ele fez este link, não foi ele quem me colocou lá dentro, então, não tenho nenhum contrato, não tenho nada”, esclarece Joana,que acabou entrando na quarta edição.

A milionária também afirma que ela e Frota nunca foram amigos, mas que o admira pelo profissional que ele é.

“Admiro ele como pessoa, ator, apresentador... Só que é chato, depois que eu ganhei o prêmio,  ele ficar falando o meu nome... Para mim é chato, não gosto! Se ele acha que eu tenho um contrato, se fantasiou isso, ele que vá na justiça atrás do que acha que é dele. Fantasiar uma coisa e falar não é certo. Ele que corra atrás dos advogados dele e procure ganhar a causa, se acha que merece alguma coisa. Acho que o certo é certo. Não é justo!”, finaliza.

Comente esta notícia