Cuiabá, 02 de Outubro de 2022
logo

27 de Novembro de 2013, 14h:55 - A | A

VARIEDADES / OBRA DA COPA

Corinthians diz, em nota, que lamenta acidente em obras do estádio

Acidente deixou dois mortos, segundo o Corpo de Bombeiros.

G1
DA REDAÇÃO



A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista emitiu uma nota na tarde desta quarta-feira (27) em que diz lamentar o acidente ocorrido nas obras do Itaquerão, na Zona Leste de São Paulo. O estádio do clube irá abrir os jogos da Copa do Mundo de 2014.

 "A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista vem público lamentar profundamente o acidente ocorrido há pouco na Arena Corinthians. Não existem outra informações no momento", diz a nota, em sua íntegra. 

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

 O acidente deixou dois mortos. Uma estrutura, que seria um guindaste e estava do lado de fora do estádio, tombou e atingiu parte da estrutura das arquibancadas.

 Devido ao acidente ocorrido nas obras do estádio do clube na tarde desta quarta-feira (27), o Corinthians decretou sete dias de luto. 

 O acidente mobilizou equipes dos bombeiros, do Samu e da Polícia Militar. Às 13h45, o PM tenente Gonzaga, que estava na obra do estádio, informava que, além dos mortos, há uma pessoa presa nas ferragens e um helicóptero da corporação aguarda a remoção para fazer o resgate.

 Um caminhão que estava nesta área externa foi atingido e um operário, que ficou preso dentro da cabine, morreu, de acordo com os bombeiros. O outro funcionário morto foi o operador da grua.
Os bombeiros afirmaram ter sido chamados para atender ocorrência na Avenida Miguel Ignácio Curi, 900, Itaquera, São Paulo, às 12h54. No horário, operários faziam a colocação de estruturas em um arco na fachado do estádio. 

 Os operários foram dispensados e deixavam o estádio por volta das 13h45. Adilan Freitas, de 30 anos, que trabalha na obra, relatou que o acidente aconteceu quando um guindaste subia a última peça da cobertura. “Ouvi só o barulho de trincar o painel”, relatou. Ele contou que estava distante, mas que mesmo assim foi possível ouvir o barulho.

Comente esta notícia