Cuiabá, 29 de Novembro de 2022
logo

23 de Dezembro de 2016, 18h:30 - A | A

POLÍTICA / 'RESUMO DO DIA'

Taques diz que saldou compromissos com a população, apesar da crise

Em entrevista do programa "Resumo do Dia", na TBO, governador Pedro Taques aponta números positivos na Saúde e na Segurança Pública

DA REDAÇÃO



O governador Pedro Taques (PSDB) fez um balanço do seu segundo ano de gestão, na quinta-feira (22), em entrevista ao programa "Resumo do Dia", da TV Brasil Oeste.

Taques destacou as obras realizadas nos últimos 24 meses e as ações nas áreas de Saúde e Segurança Pública. 

O primeiro tema abordado pelo apresentador Roberto França foram as rodovias estaduais da região metropolitana e no interior do Estado.

O governador fez um comparativo dos dois anos da atual gestão com a gestão anterior.

Segundo ele, desde 2014, foram feitos 1.430 quilômetros de pavimentação contra 886 quilômetros executados nos quatros anos da administração anterior, entre pavimentação nova e reconstrução. 

“Mesmo no momento de crise que estamos vivendo, estamos conseguindo saldar os compromissos que assumimos com a população. Já fizemos 1.430 quilômetros de pavimentação, entre construção (712 quilômetros) e reconstrução (718 quilômetros)”, disse. 

A maioria das obras está no interior, mas o governador observou que o Estado trabalha na duplicação de todas as saídas de Cuiabá. Citou o exemplo da MT-040, que liga a Capital ao município de Santo Antônio do Leverger. Lembrou ainda que a obra estava parada, mas foi retomada pela gestão.

Ainda em andamento estão as obras de duplicação dos trechos urbanos das MTs 251 e 010.

Além disso, o Estado também retomará a obra do Rodoanel de Cuiabá. Os recursos, segundo Taques, são de R$ 97 milhões e já estão à disposição do Governo do Estado. 

Segurança

Na área da Segurança Pública, Taques contou que foram chamados 3.350 homens e mulheres para as forças de segurança. “Mato Grosso tem hoje 15 mil profissionais de segurança e a nossa administração chamou 3.350 desse total”, disse.

Além de mais profissionais, o chefe do Executivo destacou o aluguel de viaturas, como L200 e Trailblazer. Também foram comprados mais de 4 mil coletes à prova de balas e armamento para atender à demanda.

Ele disse que está em negociação uma parceria com a Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) para a aquisição de novos uniforme aos policiais. 

Saúde

No tocante à Saúde, o governador lembrou que, em janeiro de 2015, quando assumiu a gestão do Estado, o Governo tinha um déficit de R$ 40 milhões com os municípios. Mesmo com o corte de 50% da atenção básica feita por lei em 2012. 

O governador observou que tinha o compromisso com a revogação da legislação que cortava o repasse e encaminhou à Assembleia Legislativa proposta neste sentido, o que possibilitou o repasse de R$ 70 milhões aos municípios na atenção básica, contra R$ 35 milhões feitos em 2015.

Também na área da Saúde Pública, Taques afirmou que o Estado tem trabalhado na reconstrução da rede com apoio ao Hospital São Benedito, que já fez mais de 4 mil cirurgias de alta complexidade. Além da construção do novo Pronto-Socorro de Cuiabá e do novo prédio do Hospital Júlio Müller. 

Outro comparativo feito pelo governador foi quanto aos leitos de UTIs. Segundo ele, a atual gestão credenciou 204 leitos em 24 meses, enquanto de 2010 a 2014 a gestão anterior havia contextualizado apenas 57 novos leitos.

“A diferença é absurda, mas não cabe ao governador pedir paciência ao cidadão. Ainda não conseguimos resolver todos os problemas da Saúde, apesar dos esforços do secretário João Batista Pereira e dos quase 5 mil servidores da área”, completou. 

Comente esta notícia

Tatielly 24/12/2016

Na educação nada. Pelo menos até agora, não pagou o décimo terceiro (gratificação natalina) dos funcionários contratados da Seduc- MT.

Comedores de corujas 24/12/2016

http://www.reportermt.com.br/policia/rapaz-e-assassinado-com-quatro-tiros-na-cabeca-durante-assalto/62591 .......realmente a dívida tá paga....3500 nomeados pra segurança pública que só serviu pra desiquilibrar a folha de pagamento.....pq toda essa rapaziada não da conta nem de deter ladrao de galinha..qto mais assassinos assaltantes treinados com muito mais competência do que os homens de Taques....homens de Taques aliás que dizem....no treinamento tem até que comer corujas.....

Mtesu 23/12/2016

Eu e a população de Cuiabá fiscal do dinheiro dos impostos, gostaria muito de saber se estas prestações de contas em que o Mauro Mendes e o Pedro Taques, fizeram ai no programa do Roberto França, o quanto custou pros cofre publico. De graça, eu duvido muito, já que RF não ia dispor de um horário nobre e caríssimo pra fazer bondade pro Pedro Taques e Mauro Mendes fazerem prestações de conta de dinheiro publico. MPE fica de olho aí.Pedro Taques já esta caminhando pro final de seu mandato e ainda não esqueceu o Silva Barbosa será que é amor.

3 comentários

1 de 1