Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

16 de Novembro de 2016, 09h:15 - A | A

POLÍTICA / PRESIDENTE SEM MANDATO

Ex-prefeitos têm mais liberdade para presidir AMM, diz Neurilan

DA REDAÇÃO



O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga, por meio da assessoria, emitiu nota ao informando que sua disputa pela reeleição na AMM - mesmo sem ter mandato de  prefeito no ano que vem, foi aprovada no ano passado em assembleia geral.

Caso ocorra de ser reeleito, sem ter mandato de prefeito, será inédito em MT. Apesar disso, a nota diz que não se trata de algo único, citando a Confederação Nacional dos Municípios, que é gerida por um ex-prefeito.
 
Além da manobra para conseguir se viabilizar no comando da AMM, Neurilan também já se articula para sair em uma chapa única, fato que garantiria sua ida ao posto de chefe da associação. “Por enquanto é somente minha chapa que está disputando. Pelo que nós temos conversado provavelmente essa vai ser a única chapa”, disse ao

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga, informou que a participação de ex-prefeitos na eleição para a presidência da AMM foi aprovada em assembleia geral, no início do ano passado.

Neurilan explica que os gestores entendem que ex-prefeitos teriam mais tempo para se dedicar à instituição, por não terem a atribuição de administrar uma prefeitura. Fora do mandato o presidente tem mais liberdade e mais independência para defender os municípios perante os poderes.

”Isto não é uma medida inédita. Há mais de 20 anos a Confederação Nacional dos Municípios-CNM vem sendo administrada por um ex-prefeito, uma liderança municipalista, Paulo Ziulkoski, que deixou de ser prefeito e administra muito bem a entidade que representa os municípios brasileiros”, assinalou. 

 

Agência de Notícias da AMM

Comente esta notícia

Jean 16/11/2016

A CNM pelo jeito virou um feudo. 20 anos? Ou deve ser uma filial da FMF do falecido Orione?

1 comentários

1 de 1