Cuiabá, 09 de Dezembro de 2022
logo

11 de Novembro de 2016, 12h:10 - A | A

POLÍTICA / SECRETÁRIO E PREFEITO

Analista prevê Wilson e Emanuel 'abraçados' em obras de Cuiabá

Wilson Santos e Emanuel Pinheiro terão que colocar rapidamente uma "pedra" sobre suas diferenças de campanha para cumprirem compromissos como secretário estadual de Cidades e prefeito de Cuiabá.

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



Após meses de acirrada disputa pela Prefeitura de Cuiabá, em campanha, que teve uma verdadeira "batalha jurídica", os deputados Wilson Santos (PSDB), que vai assumir a Secertaria de Cidades do Estado e Emanuel Pinheiro (PMDB), prefeito eleito por Cuiabá, devem passar a atuar juntos pela conclusão das obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), já que a medida é promesa de campanha do peemedebista e missão assumida pelo tucano, escolhido pelo governador Pedro Taques (PSDB) para a tarefa.

“Não vejo um querendo prejudicar o outro. Está todo mundo de olho na capital”, ressalta o analista.

Na avaliação do analista político Alfredo da Mota Menezes, a relação não deve ser conflitante. Ao ele declarou que não acredita em retaliações de Wilson por ter perdido a eleição. “Os dois são políticos de muitos anos, eles sabem que no fragor da disputa, apesar dessa ter sido ‘brava’, tem coisas e coisas. Mas se eles são políticos, não vão ficar com essa mágoa eternamente. Não é da tradição da classe política”, avalia.

Menezes frisa ainda que a ida do deputado para uma das pastas mais importantes do governo do Estado pode, na verdade, aproximar os dois. “Não vejo um querendo prejudicar o outro. Está todo mundo de olho na capital”.

“Pode ser que daqui uns dias vamos ver os dois abraçados. Não sei se isso será traduzido em mais recursos e obras, mas não serão inimigos".

O analista ainda pontua que a população não deve estranhar caso veja Wilson e Emanuel juntos nos jornais. “Pode ser que daqui uns dias vamos ver os dois abraçados. Não sei se isso será traduzido em mais recursos e obras, mas não serão inimigos por isso”, diz o analista.

Em relação à conclusão de obras importantes para a capital como o novo Pronto Socorro e manutenção do Hospital São Benedito, que recebem recursos do Estado, Alfredo Menezes também não acredita em impasses com a Prefeitura. “Primeiro, tem os repasses constitucionais. O que for da Prefeitura, não tem jeito. Não vejo que terá ‘trombada’ [em nenhum sentido] e na questão do VLT, é uma obra do governo estadual, então estou vendo [a nomeação do Wilson] de forma positiva”, conclui.

Wilson Santos só tomará posse como novo secretário na semana que vem, mesmo assim, já participa de reuniões sobre o andamento das ações.

Comente esta notícia

adilson santos 12/11/2016

SO A POLITICA PODE TORNAR INIMIGOS E SUPER AMIGOS... PRA NÃO DIZER OUTRA COISA. ESSA FOTO ILUSTRA BEM O PERFIL DESSAS DUAS FIGURAS PUBLICAS ... CUIABA VC ESTA PERDIDA .. AGORA EU POSSO ACREDITAR EM PAPAI NOEL KKKKKKKKKKK FALA SÉRIO EM !!! POLITICA UM COVIL DE MENTIRAS , ENGANOS, SUJEIRAS , FALSIDADE E INTENSO AMOR POR SI PROPRIO. ADILSON SANTOS

Einstein Mobral Ignóbil 11/11/2016

Marlene B., deixa de ser "inocente"...

Einstein Mobral Ignóbil 11/11/2016

Jeferson Matos, vc está correto, uma das maiores verbas do Estado. A jogada é a seguinte, WS precisa pagar as dívidas que fez com os seus "amigos" para sua campanha, e como ele vai fazer isso?? Agora como secretário desta pasta, ele consegue, pode ter certeza que consegue. Pronto, tá explicado povo, porque ele foi pra lá, não é como se fosse um consolo por sair derrotado nas urnas, foi pura e simplesmente para pagar seus credores, alguém dúvida?

JEFERSON MATOS 11/11/2016

A Secid tem uma das maiores verbas do Estado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! [email protected]!!!!!

ricardo 11/11/2016

Jogada do governo para tentar conquistar espaço na capital. Reeleição de Tanques não está garantida! Perdeu no interior e na capital!

Antunes Silva 11/11/2016

E por isso que digo, quem toma partido é que se lasca. Não darão só abraço não, vai rolar é beijo de lingua mesmo.

6 comentários

1 de 1