facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 22 de Maio de 2024
22 de Maio de 2024

16 de Agosto de 2010, 10h:49 - A | A

POLÍTICA /

ALL avança ferrovia e trilhos chegam a ROO em julho de 2012

assessoria



Da redação

A América Latina Logística (ALL), empresa responsável pela construção do prolongamento da Ferrovia Vicente Vuolo, entre Alto Araguaia e Rondonópolis, em Mato Grosso, avançou 78 quilômetros de infraestrutura e as obras continuam em desenvolvimento. Os trabalhos de superestrutura, que compreendem a instalação de trilhos e dormentes na nova ferrovia, tiveram início no mês de julho.

Segundo o diretor do Projeto Rondonópolis, responsável pela construção da ferrovia, Sildomar Tavares Arruda, "a partir de setembro, esta etapa deverá avançar 14,2 quilômetros por mês".

Sildomar também ressalta que faltam apenas 84 quilômetros para a finalização do trecho referente ao segmento II, que possui uma extensão total de 162 quilômetros. A expectativa é de que, assim que concluído o segundo trecho, as obras continuem, sem interrupção, para o segmento III.

Sempre prezando pela responsabilidade com o meio ambiente, a ALL aguarda a Licença de Instalação (LI) deste segmento, que deve ser emitida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) até dezembro deste ano.

Assim, a partir desse período, infraestrutura e superestrutura devem avançar juntas até a conclusão das obras. O projeto, que teve início em julho de 2009, deve chegar com os trilhos no terminal de Itiquira em julho de 2011 e será concluído até julho de 2012, quando alcança o destino final, Rondonópolis.

Nestes dois locais deverão ser implantados dois terminais rodoferroviários, a fim de viabilizar a captação de cargas na região. O terminal de Itiquira será destinado à movimentação de grãos e madeira, enquanto o de Rondonópolis focará na produção agrícola do Estado.

Depois de concluída, a nova ferrovia deverá movimentar o equivalente a 12 milhões de toneladas de produtos diversos, desde grãos de soja até madeiras de reflorestamento e derivados do petróleo.

Perfil ALL

A América Latina Logística é a maior companhia ferroviária do Brasil. Fundada em 1997 para atuar na malha sul do país, a empresa está sempre expandindo sua atuação e ampliando aquisições no setor de logística brasileiro. Em 2006, com a incorporação da Brasil Ferrovias, a ALL passou a operar no acesso ao Porto de Santos, assumindo um papel importante nos maiores corredores de exportação de commodities e nas regiões industriais mais expressivas do país.

A ALL conta, em suas operações, com uma frota de 1.095 locomotivas, 31.650 mil vagões e 700 veículos rodoviários. A malha de atuação é ampla, com 21.300 mil quilômetros de extensão, que abrange os estados do Paraná, Santa Catarina, Rio grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, no Brasil, e as regiões de Paso de los Libres , Buenos Aires e Mendoza, na Argentina. Informações da assessoria.

Comente esta notícia