Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

23 de Dezembro de 2016, 11h:47 - A | A

POLÍCIA / VEJA FOTOS

Motociclista invade contramão e morre em colisão com Veraneio

Segundo o delegado que atendeu à ocorrência, o jovem não usava capacete e estava com farol apagado.

CELLY SILVA
DA REDAÇÃO



Um jovem ainda não identificado morreu na noite desta quinta-feira (22), em uma colisão entre a motocicleta que ele pilotava e uma Chevrolet Veraneio. O acidente ocorreu na BR-364, a cerca de 500 metros do Trevo do Lagarto, em Várzea Grande.

De acordo com o delegado Romildo Grota, da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), o acionamento da Polícia Civil ocorreu por volta de 21h15. Ao chegar no local, a equipe já encontrou o rapaz morto.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A Veraneio seguia sentido Cuiabá-Poconé, quando o motociclista invadiu a pista contramão, segundo o motorista do carro, com o farol apagado. Também foi constatado que o jovem não portava carteira de habilitação e que a moto dele estava com documentação atrasada.

“O Veraneio estava saindo de Cuiabá em direção a Poconé, porque o motorista é de lá. Ele foi surpreendido por uma moto que entrou na contramão. Deu para ver os vestígios de que a colisão não foi na mão de direção da camionete”, disse o delegado ao .

Romildo Grota também contou que o motociclista não usava capacete, o que agravou a situação porque ele bateu a cabeça no para-brisa da Veraneio antes de cair no chão. “A gente não achou o capacete nas imediações do acidente. As lesões na cabeça do rapaz são condizentes com o para-brisa e com a ausência de capacete também", explicou.

A pista ficou interditada até a meia-noite, até que a Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) e o Instituto Médico Legal (IML) terminassem os procedimentos.

Segundo o delegado, o motociclista trabalhava em um posto de gasolina perto do local do acidente e estava voltando para casa quando morreu. 

Álbum de fotos

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Comente esta notícia