Cuiabá, 02 de Fevereiro de 2023
logo

14 de Dezembro de 2014, 10h:53 - A | A

POLÍCIA / PLANTÃO VIOLENTO

IML de Cuiabá recebe sete corpos de vítimas da violência urbana

Entre as vítimas, uma mulher de 46 anos teria sido esfaqueada pelo marido

DA REDAÇÃO



O Instituto de Medicina Legal (IML) recebeu sete corpos de vítimas que sofreram mortes violentas somente do plantão de sábado (13) até a manhã de domingo (14) na Grande Cuiabá.

A única mulher entre as vítimas é a empregada doméstica Ivani Maria Luiz, de 46 anos. Ela morreu esfaqueada. O suspeito de ter cometido o crime é o marido dela. O crime aconteceu na casa do casal, no bairro 24 de Dezembro, em Várzea Grande. Os vizinhos, ouvindo o barulho na madrugada de sábado, acionou a Polícia Militar. A foto da vítima mostra sangue para todo lado na cozinha, onde o corpo dela foi encontrado, com uma faca enfiada no peito. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) confirmou oficialmente o óbito.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Outra ocorrência violenta envolve um homem do bairro Jardim Florianópolis, em Cuiabá, Edelbrando Oliveira Silva. A casa dele foi incendiada. Quando a Polícia Militar chegou ao local da ocorrência se deparou com o corpo da vítima em chamas. O IML informou que até a manhã deste domingo o corpo dele ainda está câmara fria. Moradores que avistaram a fumaça no local e acionaram o Corpo de Bombeiros.

Morreram também a tiros Jairo De Souza Guimarães, de 39 anos, Maxuel Almeida, 58,  e Bruno Maurício Fonseca, 19. Sobre esses crimes, ainda não foram repassados mais detalhes. Mais informações em instantes.

A sexta e sétimas vítimas são Jaime Bertolino, de 70 anos, que morreu em um acidente trânsito em Cuiabá, e William Aniceto de campos, de 31 anos, que, conforme o IML, teria morrido por afogamento em Jangada.

Comente esta notícia