Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

30 de Setembro de 2022, 14h:00 - A | A

POLÍCIA / 24 ANOS DE PRISÃO

Homem que matou ex de 16 anos ao lado do próprio filho é condenado

Emanoel Sidório Barbosa ainda vai ter que pagar R$ 40 mil, a título de danos morais, aos familiares da vítima.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTER MT



Emanoel Sidório Barbosa, que matou a facadas a ex-companheira, Fabiana Elaine Almeida Costa, de apenas 16 anos, e deixou o filho do casal “banhado” de sangue, em Diamantino (202 km de Cuiabá), foi condenado a 24 anos de prisão por homicídio qualificado.

Ele ainda vai ter que pagar R$ 40 mil, a título de danos morais, aos familiares da jovem.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

De acordo com o Ministério Público de Mato Grosso (MPMT), Emanoel foi submetido ao Tribunal do Júri na quinta-feira. Além do feminicídio, o Conselho de Sentença reconheceu as qualificadoras motivo fútil, meio cruel, utilização de recurso que dificultou a defesa da vítima e prática do crime na presença física da ascendente e descendente da vítima.

Leia mais sobre o crime

Homem mata ex de 16 anos a facadas e deixa bebê "banhado" por sangue da mãe

O crime aconteceu na noite do dia 4 de agosto de 2021. Fabiana estava na residência onde morava com a avó e o filho de 11 meses, quando o ex-companheiro invadiu o local, arrombou a porta do quarto dela e a atacou.

Ela foi morta ao lado do próprio filho, que ficou coberto com o sangue dela. Segundo o MPMT, a criança só não foi atingida, porque a mãe a protegeu, debruçando-se sobre seu corpo. A avó da adolescente também presenciou toda a cena.

Emanoel Sidório Barbosa era esposo da vítima e não aceitava o fim do relacionamento.

Comente esta notícia

Mauro 30/09/2022

Cumpre oito e tá na rua. Tinha que ser 240 ao envés de 24 faltou um 0

1 comentários

1 de 1