Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

30 de Dezembro de 2014, 09h:45 - A | A

POLÍCIA / ACERTO DE CONTAS

Homem é morto com quatro tiros no pescoço dentro da própria casa em VG

A execução ocorreu por volta das 22h40, desta segunda-feira (29), no bairro Jardim Eldorado.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



Franciney Pereira dos Santos, de 25 anos, foi executado com quatro tiros no pescoço, dentro da casa dele, em uma quitinete, no bairro Jardim Eldorado, região periférica de Várzea Grande. A execução ocorreu por volta das 22h40, desta segunda-feira (29).

Segundo informações do 4º Batalhão da Polícia Militar, moradores vizinhos acionaram os policiais após ouvir o barulho de quatro tiros. No entanto, disseram não terem visto o autor do crime.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Instantes depois, as testemunhas foram até a casa de Franciney e o encontraram já morto no chão. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame de necropsia.

Os moradores ainda informaram que a vítima era usuário de drogas e já havia sido preso várias vezes pelo crime de roubo. Com isso, a PM acredita que ele possa tenha sido morto por dívidas com traficantes. A hipótese será investigada por policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá.

DEZEMBRO VERMELHO

Somente no último fim de semana a cidade registrou três assassinatos. Um deles, ocorrido na manhã de domingo (28), no bairro Mapim, teve como vítima, o vigilante e moto-taxista Evaldo da Silva, de 58 anos, que morreu com um tiro no peito e ainda teve uma espingarda de cano cerrado crava em um dos olhos.

Ele foi rendido por dois homens e tentou reagiu, porém foi baleado. Ferido ele ainda pilotou a moto por alguns metros pedindo socorro. Testemunhas o ajudaram, colocando-o em uma cadeira, para aguardar os primeiros socorros do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas ele morreu. 

Divulgação 4 BPM

bandido

Suspeito foi preso na manhã desta segunda-feira (29).

Já na manhã dessa segunda-feira (29), Igor Leite de Campos, de 18 anos, foi preso suspeito de ter cometido o crime. De acordo com informações do 4º BPM, a ex-mulher dele, foi quem o denunciou.

Comente esta notícia