Cuiabá, 02 de Fevereiro de 2023
logo

20 de Dezembro de 2014, 12h:00 - A | A

POLÍCIA / INSEGURANÇA PÚBLICA

Dupla assalta lanchonete e atira em dono; cliente reage e dá garrafa na cabeça de ladrão

A ação criminosa ocorreu por volta das 20h, desta sexta-feira (19), na lanchonete que fica no bairro Santa Rosa II.

JOÃO RIBEIRO
DA REDAÇÃO



O dono de uma lanchonete foi baleado por dois bandidos ao reagir a uma tentativa de roubo no estabelecimento dele, localizado no bairro Santa Rosa II, em Cuiabá. A ação criminosa ocorreu por volta das 20h, desta sexta-feira (19).

Segundo informações do 10º Batalhão da Polícia Militar, os criminosos chegaram em uma motocicleta e entraram armados na lanchonete, que tinha cerca de oito pessoas, entre clientes e funcionários, e anunciaram o roubo.  No mesmo momento, o proprietário do comércio tentou reagir e foi baleado no braço. No entanto, um dos clientes deu uma ‘garrafada’ na cabeça de um dos assaltantes.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Acuados eles fugiram à pé, abandonando a moto. A tentativa de assalto foi denunciada e policiais militares fizeram conseguiram prender os dois bandidos ainda nas imediações da lanchonete.

Eles foram encaminhados para a Central de Flagrantes e, em seguida, para a Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) da Capital.

Já o dono da lanchonete precisou ser levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ao Pronto Socorro Municipal, foi medicado e liberado em seguida.

MAIS CASO

Ainda nessa sexta-feira (19), mas na Avenida Alzira Santana, em Várzea Grande, dois menores, um de 15 e outro de 17 anos, foram apreendidos após realizarem um ‘arrastão’, na região. A "prisão" deles ocorreu por volta das 19h, pela Guarda Municipal (GM).

Segundo informações da GM, na posse de uma pistola a dupla realizou vários assaltos a estabelecimentos comerciais da avenida. Com isso, as vítimas acionaram os guardas municipais que iniciaram rondas.

A dupla foi levada a Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) e deve ser encaminhada para o Centro Socioeducativo de Cuiabá (antigo Pomeri).

Comente esta notícia