Cuiabá, 09 de Agosto de 2022
logo

18 de Dezembro de 2017, 09h:08 - A | A

POLÍCIA / PANCADARIA NO CPA

Baderneiros causam 'acidente', agridem soldado e acabam presos

O grupo havia consumido drogas e o motorista estava alcoolizado, o que pode ter motivado o acidente.

RAUL BRADOCK
DA REDAÇÂO



Quatro pessoas foram detidas pela Polícia Militar, na Avenida Tuiuiú, no bairro CPA 4, em Cuiabá, na noite de domingo (17). M.S.C. de 27 anos, G.S.C, de 26 anos, D.F.M. de 26 anos, e H.F.D., de 24 anos, causaram um acidente de trânsito e agrediram um soldado bombeiro, além de gerar uma briga generalizada no local.

Conforme o boletim de ocorrência, testemunhas relataram que os agressores estavam em um Chevrolet Onix e tentaram fugir do local após causar um acidente. O soldado T.F.S.Q., 22 anos, do Corpo de Bombeiros, estava no outro veículo e foi tentar resolver a situação com o grupo.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

O grupo desceu do carro e agrediu o bombeiro com chutes, socos e ameaças. 

Consta no boletim de ocorrência que o grupo entrou em um comércio, próximo ao local, onde agrediram o proprietário, clientes e funcionários. Ainda segundo testemunhas, G.S. colocava a mão na cintura insinuando estar armado e afirmava ser policial militar.

Após a confusão, o bando tentou sair do local empurrando o carro, porém, foi flagrado pela Polícia Militar. Todos foram algemados e encaminhados para a Central de Flagrantes. Porções de cocaína foram encontradas com eles.

Ao todo, oito vítimas também foram encaminhadas para a delegacia, incluindo uma menina de 2 anos e a mãe de 20, além do soldado bombeiro.

O caso foi registrado como lesão corporal, dano, resistência, conduzir veículo sob influência de álcool ou substância psicoativa, ameaça e injúria real.

Comente esta notícia