Cuiabá, 09 de Dezembro de 2022
logo

10 de Novembro de 2016, 16h:55 - A | A

POLÍCIA / FILHO DE CORONEL MORTO

Advogado é sequestrado em VG e liberado na fronteira com Bolívia

De acordo com informações de familiares, ele teria ido levar seu primo para viajar, quando foi abordado pelos criminosos. O fato aconteceu na madrugada desta quinta-feira.

DA REDAÇAO



O advogado Frederico Lepesteur, 36, foi vítima de um sequestro relâmpago na madrugada desta quinta-feira (10). De acordo com a Polícia Militar, bandidos abordaram a vítima, em sua caminhonete próximo ao aeroporto ao aeroporto de Várzea Grande e o levaram até a cidade de Porto Esperidião (405 km de Cuiabá).

Segundo os familiares, o advogado saiu de sua residência com sua caminhonete Toyota Hilux branca por volta da 1h apenas para levar um primo que é oficial do exército até o aeroporto para viajar até Campo Grande (MS).

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Como o advogado não retornou para casa e estava com o telefone celular desligado, os familiares começaram a se preocupar e passaram a madrugada esperando por ele, que não retornou. Ele é filho do falecido coronel Lepesteur, da PMMT. 

A Polícia foi acionada somente pela manhã, após a família receber a notícia de que o primo do advogado não se apresentou no quartel. As buscas começaram a ser feita e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) identificou que o veículo do advogado havia passado pelo posto da PRF de Cáceres (215 km de Cuiabá), por volta das 5h15.

Já o advogado foi encontrado pela manhã na cidade de Porto Esperidião, onde foi liberado pelos criminosos. Segundo os familiares ele passa bem e retornará para Várzea Grande ainda nesta quinta-feira.

Uma das suspeitas é de que o veículo tenha sido levado para a Bolívia.

Comente esta notícia