facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 18 de Julho de 2024
18 de Julho de 2024

04 de Outubro de 2017, 12h:44 - A | A

PODERES / GRAMPOLÂNDIA

Corregedoria da PM investiga se Lesco deixou prisão para ir à farmácia

O ex-secretário da Casa Militar, coronel Evandro Lesco, deveria estar preso desde o dia 27 de setembro, por determinação do desembargador Orlando Perri.

CAROL SANFORD
RAUL BRADOCK



A Corregedoria da Polícia Militar investiga denúncia de que o ex-secretário da Casa Militar, coronel Evandro Lesco, teria feito compras e sacado dinheiro em uma farmácia do bairro CPA 4, nesta quarta-feira (4).

Lesco deveria estar preso desde o dia 27 de setembro, por determinação do desembargador Orlando Perri, por envolvimento no esquema de escutas clandestinas operadas pela Polícia Militar.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O coronel teria saído da unidade militar prisional, onde está detido, por volta das 10 horas. No estabelecimento, de nome Mais América, localizado na Rua Tuiuiú, comprou alguns itens e sacou dinheiro no caixa eletrônico.

A farmacêutica responsável pelo estabelecimento foi levada por policiais da Corregedoria como testemunha, para prestar informações. Funcionários da drogaria confirmaram ao a ida de Lesco ao local.

A Corregedoria ainda deve emitir um posicionamento a respeito da denúncia.

Comente esta notícia