Cuiabá, 06 de Outubro de 2022
logo

17 de Dezembro de 2013, 18h:35 - A | A

PAPO RETO / SUPOSTA HOMOFOBIA

Tecelagem Avenida emite nota e nega preconceito de vendedor contra gay

DA REDAÇÃO



A direção das Lojas Avenida emitiu nota à imprensa nesta terça-feira (17), e negou o suposto caso de homofobia, que teria ocorrido em sua loja do Goiabeiras Shopping. A empresa refuta a acusação de que um vendedor tenha tratado com discriminação um cliente homossexual. O vendedor acusado chegou a ser detido pela PM por preconceito.

Veja a nota na íntegra:

"Esclarecemos que a notícia que está circulando na internet e em outros meios de comunicação a respeito de um cliente que sofreu preconceito dentro de uma de nossas lojas não condiz com a realidade, tampouco espelha nossa cultura e política. Somos uma empresa com mais de 100 lojas, espalhadas por 13 estados Brasileiros e temos em nosso quadro de colaboradores pessoas com as mais diferentes raças, religiões ou orientações sexuais.

Acreditamos muito no potencial de cada ser Humano e por isso estamos a três anos consecutivos como uma das melhores empresas para se trabalhar do Centro-Oeste. Também atingimos há pouco tempo à marca histórica de um milhão de clientes que possuem nosso cartão club+ Avenida e isto vem confirmar a importância que cada cliente representa para nós.

As Lojas Avenida sempre tiveram como um de seus valores o respeito por todos que de alguma forma estão presentes na trajetória desta empresa. Lamentamos que a notícia esta sendo veiculada de forma errônea e reiteramos que o fato alegado não tem fundamento. Nossas lojas estão todas abertas para receber qualquer tipo de cliente pois o cliente é o principal responsável pelo nosso sucesso."

Lojas Avenida

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia