Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

09 de Novembro de 2016, 15h:12 - A | A

PAPO RETO / JORNAL DO MEIO DIA

Novo presidente da Assembleia diz que governo deve taxar agronegócio

DA REDAÇÃO



O presidente eleito da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), em entrevista ao Jornal do Meio Dia, da TV Record Cuiabá, nesta quarta-feira (09), afirmou que a reforma tributária do Estado deve sim, taxar o agronegócio. Ele alegou, porém, que a taxação não deve incidir sobre commodities exportadas como soja, milho, algodão, carne, por causa da Lei Kandir, que desonera a exportação.

 “Alguma coisa vai sim [ser taxada]. Vai ser uma equalização. Mas não vai taxar a exportação em virtude de uma lei federal. O que o governo pode fazer é taxar a quantidade”, disse ele. 

Questionado sobre a resistência de se onerar mesmo as commodities que não são exportadas, o deputado estadual pondera que “tudo o que se vai mudar vai ter resistência”. 

“Tudo o que se vai mudar vai ter resistência. Tem gente que vai achar ruim, embora a grande maioria entenda que tenha que haver essa mudança”, analisou.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia