facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 26 de Maio de 2024
26 de Maio de 2024

17 de Dezembro de 2010, 23h:01 - A | A

PAPO RETO /

Juiz do Ceará "derruba" exame da OAB



O desembargador do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), Vladimir Souza Carvalho "derrubou" liminarmente a exigência do exame de Ordem para o exercício da profissão de advogado. A decisão, em caráter liminar, vale para todo o país, mas cabe recurso da OAB. Para o presidente do órgão em Mato Grosso, Cláudio Stábile, a decisão coloca em risco a segurança social. "Os profissionais que advogam precisam ter conhecimentos mínimos para atender a população e o que o exame faz é classificar os melhores para defender os direitos civis, de família, trabalho".

Stábile considera que o exame é essencial para autorizar um bacharel à atividade da advocacia. "Quando a pessoa entra no curso já sabe que se formará bacharel e precisa fazer a prova para advogar, assim como o concurso, se quiser seguir carreira pública".

Por ano, 2 mil bacharéis, em média, passam pela seleção noEstado e só 12% são aprovados, conforme índice deste ano. Porque não se faz exames semelhantes para as demais profissões? Mediciana seria um bom começo.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia