Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

29 de Setembro de 2022, 14h:00 - A | A

PAPO RETO / QUER INDENIZAÇÃO

Emanuel Pinheiro processa Paccola por danos morais

DO REPÓRTER MT



O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), entrou com um processo por danos morais contra o vereador Tenente Coronel Marcos Paccola (Republicanos). A decisão foi tomada depois que o parlamentar insinuou que o prefeito e a esposa, Márcia Pinheiro (PV), lideram uma organização criminosa. Márcia é primeira-dama da Capital e candidata ao governo do Estado.

“Não há escrúpulo na fala do requerido [Paccola] ao fazer esta afirmação, não há qualquer conotação informativa. Há somente uma acusação gravíssima, ofensiva e degradante e sem fundamentação legal”, argumenta a defesa de Emanuel Pinheiro.

A peça assinada pelos advogados Francisco Anis Faiad e André Ignotti Faiad ainda ressalta que o prefeito de Cuiabá “não tem condenação penal nem sequer em primeira instancia”.

No processo ajuizado nessa quarta-feira (28), a defesa do gestor municipal pede indenização de R$ 40 mil, além dos custos advocatícios estimados 20% do valor da ação.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia