facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

19 de Dezembro de 2017, 14h:00 - A | A

PAPO RETO / OPERAÇÃO FÊNIX

Delegados e policiais de MT estão livres de ação do Gaeco de MG

DA REDAÇÃO



A Polícia Civil de Mato Grosso emitiu nota na tarde desta terça-feira (19) negando que algum policial ou delegado do Estado seja alvo da Operação Fênix, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado de Uberlândia (MG).

O retifica a informação inicial repassada pelo Gaeco de MG e publicada pelo site de que membros da Polícia Civil de MT também fossem alvos da ação.

A operação cumpre mandados em 12 cidades nos estados de Mato Grosso, Minas Gerais e Paraná.

Entre os alvos estão: empresários, advogados, traficantes, chefes de departamento, escrivães e delegados.

Em Mato Grosso a operação ocorre apenas em Cuiabá, mas os alvos ainda não foram divulgados.

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia