facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024

27 de Outubro de 2017, 14h:24 - A | A

PAPO RETO / DEPENDE DE TAQUES

Ato de filiação de Antonio Joaquim ao PTB seria motivo da pressa por aposentadoria

DA REDAÇÃO



O ato de filiação ao PTB, marcado para o dia 8 de novembro seria a principal razão da pressa do conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Antonio Joaquim, para que o governador Pedro Taques (PSDB) sancione logo o pedido de aposentadoria. A data coincide com o prazo final para a sanção do governador. 

Antonio Joaquim quer oficializar sua aposentadoria como conselheiro do TCE para retomar a vida política e disputar as eleições ao Governo do Estado em 2018, como adversário de Taques, que deve buscar a reeleição. Porém, o conselheiro não pode se filiar enquanto o ato da aposentadoria não for publicado oficialmente.

O pedido de aposentadoria foi protocolado no Executivo no dia 19 de outubro e, conforme lei estadual, o governador tem 20 dias para manifestação. O requerimento ainda está sendo analisado pela equipe técnica do Governo.

O PTB marcou evento de filiação para Antonio Joaquim com a presença do presidente nacional da sigla, Roberto Jefferson.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia