Cuiabá, 31 de Janeiro de 2023
logo

05 de Novembro de 2014, 17h:48 - A | A

PAPO RETO / INVASÃO ALHEIA

Após mexer no TJ, Emanuel Pinheiro quer interferir nas eleições do MPE

DA REDAÇÃO



Depois de mexer nas eleições do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, o deputado estadual Emanuel Pinheiro (PR), agora, mira a eleição do Ministério Público do Estado. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC), em que é autor, prevê que o membro do MPE mais bem votado possa ser diretamente nomeado o procurador-geral da Instituição, não tendo mais a necessidade de uma lista tríplice em que o governador escolhe o novo chefe do Ministério Público.

Ainda não se sabe a intenção do parlamentar em navegar em águas de outros poderes. O certo é que o Tribunal de Justiça, mesmo acatando em partes a Lei Aprovada pela ALMT, em que todos os magistrados poderiam ser candidatos nestas eleições, somente os desembargadores concorreram, e como de praxe, o desembargador Paulo da Cunha foi o eleito, sendo o mais velho dos candidatos à presidência. Um recado com luva de pelica. A pergunta que fica sobre as eleições do MPE é: a quem interessa, nesta altura, mudar as regras do jogo?

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia