facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 21 de Junho de 2024
21 de Junho de 2024

05 de Novembro de 2022, 10h:55 - A | A

GERAL / EM CONDOMÍNIO DE LUXO

Vídeo mostra padrasto puxando cabelo, tapando boca e levantando criança de 7 anos pelo pescoço

Pai da vítima criou conta nas redes sociais para denunciar o caso. "A qualquer momento, ele pode ser um novo Henry Borel", diz. A Secretaria da Segurança Pública informou que solicitou a adoção de medidas para a preservação da integridade física da crian

GUSTAVO HENRIQUE E FELIPE CRUZ
DO G1



Câmeras de segurança de um condomínio de luxo em Moema, na Zona Sul de São Paulo, registraram o momento em que uma criança de 7 anos foi agredida pelo padrasto na brinquedoteca do prédio.

O vídeo mostra o garoto brincando com outras crianças. Momentos depois, Byron Junior, casado com a mãe da criança, aparece nas imagens.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Em seguida, o vídeo mostra que Byron agarra o menino pelo cabelo e o conduz rispidamente para fora do ambiente. Depois, o homem tapa a boca do garoto com uma mão, segura seu pescoço e o suspende no ar durante alguns segundos.

As agressões aconteceram no início de outubro deste ano, mas o pai da criança, o coronel da reserva Guilherme Bordini, ficou sabendo do fato apenas na terça-feira (1º), ao ter acesso às imagens. Ele registrou boletim de ocorrência por agressão no 27º Distrito Policial, no Campo Belo.

Ao g1, Guilherme Bordini disse temer a morte do filho e relembrou o caso do menino Henry Borel, que foi morto no apartamento onde morava com a mãe e o então padrasto, no Rio de Janeiro, em março de 2021. Leia mais em G1

Veja o vídeo:

Comente esta notícia