Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

01 de Janeiro de 2017, 08h:00 - A | A

GERAL / VEJA VÍDEO

Saiba o que fazer para eliminar 'excessos' do réveillon e perder peso

Àqueles que têm como meta emagrecer, em 2017, profissional dá dicas de como conseguir perder peso de forma saudável e eficiente

CELLY SILVA
DA REDAÇÂO



Acabou o ano e toda aquela maratona de festas regadas a muita comida e bebida, seja no ambiente familiar, do trabalho, escolar ou entre amigos, e logo as pessoas começam a sentir o “peso” da consciência por terrem quebrado a dieta e engordado.  Junto com isso, vêm as famosas “promessas” no início do ano, em que emagrecer, quase sempre, está incluso.

"Quando ele [paciente] aprende que pode participar dos eventos, mas não precisa se jogar em cima da mesa de salgadinhos, ele começa a emagrecer comendo, participando das festas”, explica o nutricionista.

Para ajudar quem está nesta situação, o conversou com o nutricionista Gustavo Soares, que deu dicas de como iniciar o processo de emagrecimento de forma saudável e sem radicalismos.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

O especialista conta que que costuma atender dois tipos clássicos de pacientes. Os disciplinados, que chegam a quebrar a dieta no período festivo de final de ano, mas logo após o Réveillon, voltam à dieta, visando não somente no verão e o Carnaval, mas também para manter a qualidade de vida e a saúde, mas a maioria é daqueles que não conseguem manter a disciplina.

“Esse precisa parar, se preparar e voltar ao patamar anterior”, diz Gustavo.

O nutricionista trabalha com um perfil compreensivo, mas também seguindo a linha de educação alimentar, que ele julga ser mais efetiva e duradoura.

“Sempre vai ter alguma coisa. Durante o ano, têm confraternizações da empresa e chega final de ano junta aniversariantes do mês, amigo oculto, despedidas, festas da família. É muito evento e a pessoa fica tentada mais do que o normal e acaba indo. Quando ele [paciente] aprende que pode participar dos eventos, mas não precisa se jogar em cima da mesa de salgadinhos, ele começa a emagrecer comendo, participando das festas”, explica.

"Quando você faz uma dieta que retira bebida alcóolica, excesso de açúcar e industrializado, seu organismo emagrece de forma saudável e sem aquele desespero do efeito sanfona”, ensina.

Soares ressalta que, na volta à dieta, é preciso identificar pontos críticos para se reorganizar e voltar à rotina.

Ele também critica o costume das pessoas seguirem perfis de celebridades "fitness" como direcionamento para o emagrecimento.  “As pessoas ficam seguindo Facebook e Instagram de um pessoal que é radical e acham que aquilo ali vai servir pra ela, mas esquecem que aquela pessoa ganha para publicar sobre aquele suplemento, ganha para fazer aquilo e que ela só mostra aquilo na frente da câmera. Por trás das câmeras, ela toma um monte de coisa e vai comer as coisas dela. Isso não é a realidade!”.

O nutricionista afirma que dietas radicais dão resultado, mas não são efetivos porque não vêm acompanhados de uma educação alimentar e acabam gerando o “efeito sanfona”.

O importante, segundo ele, é fazer as coisas um passo de cada vez.

“O que eu recomendo: dentro de uma comilança, vamos reduzir as coisas que você tem maior propensão de ter ganho de peso, como alimentos açucarados, bebida alcóolica e alimentos industrializados. Quando você faz isso, seu corpo já dá uma resposta melhor, não tão agressiva de quando você faz uma dieta restritiva. Quando você faz uma dieta que retira bebida alcóolica, excesso de açúcar e industrializado, seu organismo emagrece de forma saudável e sem aquele desespero do efeito sanfona”, ensina.

Confira na entrevista as dicas que o nutricionista traz sobre alimentos que podem fazer a diferença no dia a dia de quem cumprir a meta do emagrecimento neste 2017, mesmo com a correria do cotidiano.

Uma dessas dicas, é organizar todo o cardápio semanal, cozinhando uma vez por semana e levando marmitas para o trabalho. Se isso não for possível, ainda existem as opções de comprar marmitas com alimentação balanceada ou procurar restaurantes de confiança.

Veja no vídeo:

 

Comente esta notícia