Cuiabá, 27 de Novembro de 2022
logo

30 de Setembro de 2022, 17h:37 - A | A

GERAL / R$ 10 MIL

Responsável por tingir cachoeira durante chá de revelação é multado

Homem informou que lançou corante para tingimento de cascatas e piscinas, chamado de "Lago Azul".

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTER MT



O responsável por tingir a cachoeira Queima-pé, em Tangará da Serra (239 km de Cuiabá), com corante azul para o chá de revelação durante o último fim de semana, foi multado em R$ 10 mil pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

De acordo com a pasta, o homem é familiar do casal que espera o bebê e prestou esclarecimentos à equipe nessa quinta-feira (29). Ele informou ser o responsável pelo lançamento do corante para tingimento de cascatas e piscinas, chamado de "Lago Azul".

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

A ação foi enquadrada no artigo 62 do decreto federal 6514/2008, que define como infração ambiental "lançar resíduos sólidos, líquidos ou gasosos ou detritos, óleos ou substâncias oleosas em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou atos normativos".

Leia mais

Casal de MT tinge água de cachoeira para chá revelação e gera revolta

Sema diz não houve dano às águas de cachoeira tingida de azul; autor será multado

O caso foi divulgado na segunda-feira (26), após o vídeo viralizar nas redes sociais. Nas imagens é possível ver o momento em que a substância altera completamente a cor da água cristalina da cachoeira para azul.

Ainda na segunda, equipes da Sema foram até o local e fizeram a vistoria. Durante análises, não foi constatada alteração visual nos parâmetros físicos da água, como cor e odor, e não houve mortandade de ictiofauna.

A equipe da Sema também fez análise laboratorial da água da cachoeira no mesmo dia, mas o exame não apontou alteração na qualidade da água.

Comente esta notícia