facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 17 de Julho de 2024
17 de Julho de 2024

07 de Dezembro de 2017, 08h:45 - A | A

GERAL / TRAGÉDIA

Dois morrem e um fica ferido após motocicletas baterem de frente

Os motociclistas seguiam em sentidos opostos da via e morreram momentos após o acidente em Várzea Grande.

RAUL BRADOCK
DA REDAÇÃO



Dois homens morreram e um ficou ferido após as motocicletas que pilotavam bater de frente, na Travessa Trinta e Três, rua principal do bairro Paiaguás, em Várzea Grande, na noite desta quarta-feira (6).

Conforme testemunhas, os pilotos seguiam em sentidos opostos da via. No local há pouca iluminação e sinalização de trânsito.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

As vítimas foram identificados como Hércules Rodrigues Lopes e Manoel Rodrigo. Um terceiro homem, que estava com um dos motociclistas, foi resgatado e encaminhado para uma unidade de saúde.

Uma testemunha relatou, nas redes sociais, que a batida foi muito forte e que as vítimas ficaram agonizando no chão após o acidente. “Eu estava bem atrás dos motoqueiros, indo pra igreja de carro. Foi muito feio e muito triste ver pessoas jovens perderem a vida assim. Eu entrei em desespero ao ver que estavam com vida, agonizando no chão, sufocados com sangue e não poder fazer nada. Estou com a cena do acidente até agora na minha cabeça”, disse a testemunha.

A Guarda Municipal e Polícia Militar fizeram o isolamento do local.

As causas da batida não foram reveladas. Investigadores da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) também foram acionados e apuram as circunstâncias do acidente.

Os corpos foram recolhidos e encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), em Cuiabá, para exames de necropsia.

Motociclista morto

Em outubro, Evandro Benedito R. de Siqueira, 31 anos, morreu após bater a moto que pilotava em um poste na Avenida Oátomo Canavarros, no Bairro Morada do Ouro, em Cuiabá.

O acidente aconteceu nas proximidades do Sesi Papa. O capacete da vítima estava preso no retrovisor na moto no momento da chegada da polícia, o que leva a crer que Evandro não usava a proteção no momento da batida.

Leia mais

Motociclista sem capacete bate em poste e morre em Cuiabá

Comente esta notícia