facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 19 de Julho de 2024
19 de Julho de 2024

20 de Outubro de 2017, 17h:23 - A | A

GERAL / REDE DE PESCA E LIXO

Casal se pendura em ponte sobre o Rio Vermelho em protesto pela natureza

O fato chamou a atenção de quem passou pelo local, que não conseguia entender o motivo da cena.

CAMILA PAULINO
DA REDAÇÃO



Um fato inusitado chamou a atenção das pessoas que passaram nas proximidades da ponte que fica sobre o Rio Vermelho, em Rondonópolis (a 212 km ao Sul de Cuiabá) na manhã desta sexta-feira (20). Um casal estava pendurado dentro de uma rede de pesca, junto com alguns entulhos.

A cena foi filmada e fotografada por populares, que não conseguiam entender, em princípio, o que o casal estava fazendo no local. 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Após algumas horas, foi divulgado que tratava-se de uma apresentação artística pela preservação do meio ambiente.

O grupo de teatro faz intervenções urbanas para chamar atenção das pessoas e conscientizar sobre a importância de cuidar da natureza.

A apresentação é realizada pelo grupo Eco Poética de Teatro, do Rio Grande do Sul, que viaja pelo país fazendo intervenções artísticas. O grupo faz parte da programação do Festival Palco Giratório, do Sesc.

O trabalho dos artistas tem o objetivo de chamar atenção para questão do lixo, poluição urbana, preservação da água e da natureza.

Intervenção em Cuiabá

Em maio deste ano, o mesmo grupo apresentou uma intervenção no viaduto da Avenida Fernando Correa, em Cuiabá, próximo à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

À época, uma pessoa que passava pelo local gravou um vídeo que foi amplamente compartilhado pelo WhatsApp. 

Na cena, duas pessoas ficaram penduradas no viaduto, dentro de uma rede de pesca.

A intervenção em uma das vias mais movimentadas da Capital teve o objetivo de trazer reflexão sobre a destinação do lixo. 

Veja vídeos

Intervenção em Rondonópolis

Intervenção em Cuiabá

Comente esta notícia