facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 20 de Junho de 2024
20 de Junho de 2024

03 de Novembro de 2022, 08h:44 - A | A

GERAL / BLOQUEIO DE RODOVIAS

Caminhoneiros liberam pista em dois trechos e manifestação começa a perder força em MT

Mato Grosso tem 27 pontos de bloqueios nas rodovias federais. O mais severo deles fica em Lucas do Rio Verde, onde o bloqueio é total.

DAFFINY DELGADO
DO REPÓRTER MT



As manifestações de caminhoneiros contra a vitória de Lula (PT) começaram a perder força em Mato Grosso, na manhã desta quinta-feira (03) os manifestantes liberaram a pista na BR-364 em Rondonópolis (212 km de Cuiabá) e na BR-163 em Nova Mutum (364 km de Cuiabá). Outros trechos têm liberação do fluxo de veículos de carga a cada meia hora. 

Na quarta-feira (02) houve a liberação da BR-070 no trecho do Trevo do Lagarto.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

No início da manhã desta quinta, a Polícia Rodoviária Federal e a Rota do Oeste encaminharam boletins atualizados sobre a situação das rodovias, em Mato Grosso.

Vale ressaltar, que na tarde de quarta-feira (02) Bolsonaro usou suas redes sociais para pedir a liberação das rodovias em todo país. De acordo com os boletins, 27 pontos de manifestação ainda estão ativos nas BRs 158, 163, 174, 364 e 070.

Veja lista:

Na BR-158, são quatro pontos de manifestações.

Nos km 565 e 141 - localizados em Água Boa e Confresa - seguem interditados para caminhões. Já nos Km 655 e 45 - que ficam em Nova Xavantina e Vila Rica - os manifestantes cumprem uma liminar da Justiça e liberam o tráfego para veículos de carga a cada 30 minutos.

Na BR-163 são oito pontos.

As interdições esporádicas acontecem no Km 712 que fica entre Primaverinha e Sorriso.

No Km 601 em Nova Mutum, segue interditado.

Em Lucas do Rio Verde, no Km 691 o tráfego segue totalmente fechado.

Leia também: VÍDEO: Manifestantes tomam frente da 13ª Brigada do Exército em Cuiabá e pedem intervenção militar

Em Sorriso, no Km 746 os manifestantes liberaram para as ambulâncias. Em Sinop, no Km 835 o tráfego foi desviado para o perímetro urbano.

Em Terra Nova do Norte, a manifestação é realizada no km 985. Lá uma faixa foi liberada para passagem de veículos a cada 20 minutos.

Na cidade de Peixoto de Azevedo tráfego foi liberado no Km 1032 somente para veículos de emergência.

Em Guarantã do Norte no Km 1068 os manifestantes colocaram tendas e areia sobre a pista, mas o tráfego segue liberado pelo acostamento da via.

Na BR-174 consta com quatro pontos de bloqueio.

O primeiro fica no Km 125 em Mirassol D'Oeste. Lá a interdição segue para veículos de carga.

No km 288 em Pontos e Lacerda e Km 330 em Conquista D'oeste, ambos os sentidos da via seguem interditados. 

Já no Km 487 em Comodoro o bloqueio segue.

Na BR- 364 sete pontos de manifestação foram identificados.

No Km 614 em Diamantino, km 1176 em Campos de Júlio, Km 05 em Alto Araguaia, Km 55 em Alto Garças, no Km 395 em Cuiabá segue interditado para caminhão, no Km 877 em Campo Novo do Parecis o bloqueio da via é total e no km 275 está bloqueado o sentido norte da pista.

Na BR- 070 existem quatro pontos.

No Km 383 e Km 376 em Campo Verde segue interditado para veículos de carga.

A mesma situação se repete no Km 274 em Primavera do Leste e Km 65 em General Carneiro.  

Leia mais 

Trecho da BR-163 em Rondonópolis volta a ser fechado por caminhoneiros

 

Comente esta notícia