Cuiabá, 15 de Agosto de 2022
logo

15 de Setembro de 2021, 18h:56 - A | A

PAPO RETO / CENSURADO

Proibido de criticar o Ministério Público, delegado recorre ao STF

DA REDAÇÃO



Um dos delegados mais experientes em combate ao crime organizado e do colarinho branco, Flávio Stringueta recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF), contra decisão que proibiu ele de criticar as ações do Ministério Público do Estado de Mato Grosso.

Stringueta publicou uma série de artigos nos quais criticou atos do Ministério Público Estadual (MPE) em Mato Grosso. Após as publicações, ele foi denunciado pelos membros do órgão e agora está proibido de voltar criticá-los.

Em decorrência das críticas, ele foi afastado da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) na qual era titular, depois remanejado para 2º Delegacia de Polícia do Carumbé, no Planalto, em Cuiabá.

Leia mais

Justiça mantém Stringueta impedido de "atacar" membros do Ministério Público

Após embate com MP, Stringueta quer ser candidato e "ganhar voz" na política

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Comente esta notícia