Cuiabá, 06 de Julho de 2022
logo

17 de Junho de 2022, 14h:45 - A | A

PAPO RETO / DELAÇÃO DE NADAF

Justiça Eleitoral apura doação de R$ 100 mil da Coca-Cola para Silval

DO REPÓRTER MT



A Justiça Eleitoral de Mato Grosso recebeu, na quarta-feira (15), o inquérito policial baseado na delação do ex-secretário da Casa Civil, Pedro Nadaf, que investigou um suposto esquema de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o ex-governador Silval Barbosa e o Grupo Renosa, fabricante da marca Coca-Cola.

Segundo o delator, a empresa teria doado R$ 100 mil para contribuir com o pagamento de dívidas de campanha de Silval, em 2011.

Inicialmente, o caso estava sob a competência da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, mas por conta dos indícios de prática do crime eleitoral, os autos foram remetidos à justiça especializada, que segue com as investigações.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Comente esta notícia

Carai 21/06/2022

Isso aí já virou pizza, ou seja, está prescrito. Cadê o retorno do VLT nada, ficou em pizza, rico não fica preso e o pobre já vai direto para cadeia e não sai mas, em razão de não ter dinheiro para pagar advogado.

1 comentários

1 de 1