Cuiabá, 12 de Agosto de 2022
logo

30 de Junho de 2022, 15h:25 - A | A

VARIEDADES / DEU RUIM

Gusttavo Lima é acusado de dar calote e caso vai parar na Justiça

O canto sertanejo Gusttavo Lima e sua produção não pagam por instalação de eletrônicos e vão parar na Justiça

GUSTAVO MELO
TVFOCO



lO cantor sertanejo Gusttavo Lima está sendo acusado de dar calote em uma empresa que instalou equipamentos em sua mansão. O valor surpreende e bate a cifra de R$ 68 mil reais corrigidos.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do portal EM OFF, Gusttavo Lima e sua empresa, a Balada Eventos, se tornaram alvo de uma ação na Justiça por não pagamento a uma empresa de automação de audio e vídeo que prestou serviços ao cantor.

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

Com apurações da jornalista do EM OFF, que teve acesso aos autos do processo, a defesa de Gusttavo Lima afirma que não existe prova escrita, que a foto juntada na petição inicial não tem nitidez, além de não identificar quais aparelhos eletrônicos foram instalados, nem datas da aquisição e instalação na mansão do artista, em Goiânia.Por conta de tudo isso, com falta de provas de que foi permitida a instalação dos eletrônicos na casa do cantor, a defesa de Gusttavo Lima pede a extinção processual, alegando que a dívida não existe com a empresa e a cobrança é indevida.

Em réplica na ação judicial, a empresa GR Automação Áudio e Vídeo EIRELI alegam que Gusttavo Lima e a Balada Eventos (empresa do cantor) estão agindo de má-fé com o não pagamento dos serviços. 

Leia mais em TVFoco

 

Comente esta notícia