facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 24 de Maio de 2024
24 de Maio de 2024

17 de Outubro de 2010, 23h:09 - A | A

VARIEDADES /

Governo aumenta IOF para conter entrada de dólares



G1

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta segunda-feira (18) nova elevação na alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para investimento de estrangeiros na renda fixa. A alíquota, que fora elevada de 2% para 4% no último dia 4 de outubro, passa agora a 6%. 

>> Clique aqui e participe do grupo de WhatsApp 

O objetivo, segundo ele, é diminuir a rentabilidade e afastar aqueles que querem “usufruir” dos altos juros que Brasil paga.

"O que queremos é diminuir o apetite principalmente dos aplicadores de curto prazo. Ficam atrapalhando porque vêm causar instabilidade no mercado. Quem vem pra ficar um mês, dois meses, vai perder dinheiro. Quem vem pra ficar um ano, aí vai ganhar, porque é um investimento de longo prazo”, explicou.

Também será elevada, de 0,38% para 6%, a alíquota do IOF cobrado sobre a margem de garantia dos investimentos estrangeiros no mercado futuro. "Quando alguém faz uma operação no mercado fututo, tem que depositar uma margem de segurança, que é de 10%. O IOF hoje é de 0,38% e estamos indo para 6% sobre esta margem de garantia em operações no mercado futuro”, disse ele. “Hoje você pode alavancar muito no mercado de derivativos. Isso movimenta muito o mercado e influi na cotação do dólar”.

Comente esta notícia