Cuiabá, 05 de Dezembro de 2022
logo

12 de Novembro de 2016, 16h:22 - A | A

POLÍTICA / VEJA VÍDEO

Vereador eleito defende regulamentação do Uber para evitar conflitos; 'como está é temerário', diz

Gilberto Figueiredo esteve na sede do RepórterMT e falou ainda das articulações para a disputa da presidência da Câmara, que já começaram na capital e de como vai atuar na 'casa dos horrores'

RAFAEL DE SOUSA
DA REDAÇÃO



O vereador eleito por Cuiabá, Gilberto Figueiredo (PSB), que também acumula as funções de coordenador da equipe de transição do prefeito Mauro Mendes (mesmo partido) e de secretário de Assuntos Estratégicos de Cuiabá, e que já comandou a pasta da Educação, em entrevista ao , comentou sobre a possibilidade de implantação do Uber em Cuiabá, a expectativa de assumir pela primeira vez como parlamentar e corrida pela Presidência da Câmara, além do desafio de mudar o foco negativo que desgastou o Legislativo cuiabano ao longo dos anos.

A Câmara tem a pecha de "Casa dos Horrores".

Sobre o Uber (empresa que oferece serviços semelhantes ao do táxi) na capital mato-grossense. O assunto tem colocado taxistas, políticos e a população em lados opostos. O vereador eleito diz que o tema precisa ser discutido de forma mais ampla. Ele diz que é como uma loja pagar impostos e competir com um ambulante na porta dela. 

Confira a entrevista na íntegra

 

Comente esta notícia

Márcio 13/11/2016

Então pra vc jorge, se for simpatico ta tudo bem? pqp né.. quero q se foda a simpatia ou não.. quero q sejam competentes, só isso.. vai ser simpatico com as negas dele..quero apenas q seja serio e competente.. se for terá meu voto.

marcelo 13/11/2016

Srs vereadores voces nao sao donos de seu mandatos, a populacao lhes confiou para que lhes representasse, entao tem o dever de primar pelos interesses do cidadao. Votei em Misael e cobrarei dele o melhor para o cuiabano, a liberacao do UBER imediatamente, pois existem em quase todas as capitais.

Jorge 13/11/2016

Homem de um mandato só. Sem simpatia alguma.

Willian 12/11/2016

Não há o que discutir. Vocês estão aí para representar a população. Já está provado pela maioria dos que já conhecem o serviço, o custo e serviço melhor do que táxi. Não é porque foram eleitos agora e a próxima eleição será só daqui 04 anos, que vocês não vão representar a vontade do povo. Cuidado, o eleitor não tá mais naquela história de que esquece fácil.

4 comentários

1 de 1