Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Quinta-feira, 27 de Outubro de 2011, 11h:45 - A | A

MORDOMIA

Secretários e servidores viajam para exterior a "trabalho"

Francisco Vuolo viajará para China e Teté Bezerra para Argentina

INARA FONSECA

Dois secretários de Estado – Francisco Vuolo e Teté Bezerra, e outros dois servidores da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa), Luciano Luiz Bigatão e Leonardo Heros Alves Fagundes,  foram autorizados pelo governador Silval Barbosa (PMDB) a viajarem para o exterior com dinheiro dos cofres públicos. As viagens irão ocorrer nas próximas semanas. A autorização foi publicada no Diário Oficial veiculado nesta quarta-feira (25).

Depois de passar uma semana em Madri (Espanha), em um Encontro de Jovens, no mês de agosto, como foi divulgado pelo RepórterMT, Teté Bezerra, secretária de Turismo de Mato Grosso, agora irá para Argentina participar de uma Feira Internacional de Turismo.  A secretária irá acompanhada pela assessora de gabinete da pasta e se ausentará por seis dias.

Já Francisco Vuolo, titular da Secretaria Extraordinária de Acompanhamento de Logística Intermodal de Transportes, irá para China, no período de 07 a 16 de novembro de 2011. O secretário irá participar do evento “6th CIOC – China International Oilseed Conference”. Apesar de o evento iniciar no dia 11, Vuolo chegará antes para visitar a Malásia e conhecer o óleo de palma. De acordo com o secretário, a viagem é de extrema importância para economia de Mato Grosso, pois dará visibilidade e atrairá investimentos para o Estado.

“É uma oportunidade única. É o maior evento relacionado à área de commodities que tem no segmento de soja. A intenção é buscar pra investir não só em Mato Grosso, mas principalmente é questão do Porto de Santarém que não tem uma infraestrutura adequada pra atendar a demanda no Estado. Precisamos trazer investidores para esse segmento. Dos 25 maiores portos do mundo, 19 estão na Ásia”, explicou Francisco Vuolo.

Os servidores da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo, Luciano Luiz Bigoto e Leonardo Alves, estão nos Estados Unidos participando do “do Workshop Tecnológico sobre Arenas Esportivas”, desde o dia 26 (ontem) até 1º de novembro.

O RepórterMT consultou agências de viagem e empresas aéreas para averiguar a cotação das passagens. Hoje, um bilhete ida e volta de São Paulo para Pequim (China), na classe econômica, pela empresa aérea Tam, sai por aproximadamente R$ 5 mil. Já para Argentina, pela Gol Linhas Áreas, o valor cai para aproximadamente R$ 3 mil reais, na classe econômica, de Cuiabá para Buenos Aires.

No caso dos Estados Unidos, pela Tam, também na econômica, o valor chegaria a R$ 5 mil reais. Se os secretários e servidores do Estado fossem de classe econômica, o que provavelmente não acontecerá, o contribuinte estaria pagando aproximadamente R$ 20 mil só com passagens. Excluindo os custos com hospedagem.

Vale ressaltar que a última viagem internacional realizada pelo governo do Estado foi para Rússia, na qual rendeu a compra de 10 carros Land Rover modelo Defender e equipamentos de monitoramento. Os produtos foram adquiridos sem licitação. O custo é de RS 14 milhões.  Para os secretários, segundo informou a SAD, a diária paga pelo estado para viagens ao exterior é de R$ 800,00. 

Comente esta notícia

Sérgio Luiz 27/10/2011

E tudo vai virar pizza como sempre!

1 comentários

1 de 1