facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 27 de Maio de 2024
27 de Maio de 2024

02 de Agosto de 2010, 11h:45 - A | A

POLÍTICA /

Prefeituras adiam aumento na tarifa de ônibus intermunicipal



ISA SOUSA
DA REDAÇÃO

Após a polêmica do aumento na tarifa de ônibus (a passagem teve o valor aumento de R$ 2,30 para R$ 2,50, mas a medida não foi colocada em vigor), as prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande, em reunião com representantes da Agecopa e Ager, definiram novos rumos para o sistema.

Uma das decisões é a criação de um grupo técnico para avaliar e projetar um sistema de unificação no transporte público para a região metropolitana da Capital, visando à Copa do Mundode 2014.

Da reunião, na última quinta-feira (29), participaram os prefeitos de Cuiabá, Chico Galindo (PTB), e de Várzea Grande, Murilo Domingos (PR), o presidente da Agecopa, Adilton Sachetti, e o diretor de Planejamento e Gestão do órgão, Yênes Magalhães. Também integraram a discussão a presidente da Ager, Márcia Vandoni, o secretário municipal de Trânsito e Transporte de Cuiabá, Edivá Alves, secretários de Várzea Grande e técnicos da Agecopa e Ager.

Apesar da reunião, ainda não foi definida data para que haja aumento no preço da passagem nas duas cidades. "Nosso foco, agora, é a criação de um sistema único, que vá beneficiar não só Cuiabá, mas Várzea Grande e as cidades vizinhas", disse o secretário Edivá, representante da Capital no grupo técnico.

Além de Edivá, o grupo é composto por um representante de Várzea Grande, Fernando Sé, e mais dois, sendo um da Agecopa e outro da Ager, que ainda não foram definidos.

Na próxima semana, o grupo realiza a primeira reunião, que começará a esboçar o projeto do sistema unificado. A expectativa do grupo é que no dia 16 de agosto, data da próxima reunião entre prefeituras, Agecopa e Ager, um cronograma de atividades já esteja pronto.

Comente esta notícia