Cuiabá, 02 de Julho de 2022
logo

Quinta-feira, 10 de Novembro de 2011, 12h:14 - A | A

CAOS NA SAÚDE

Lúdio "abraça" PS e acusa Henry de cometer crime com OSs

O vereador disse ainda que PH está desmantelando o Sistema Único de Saúde em MT

FERNANDA LEITE

O vereador e pré-candidato a prefeitura de Cuiabá Lúdio Cabral (PT), resolveu criticar o secretário de Saúde Pedro Henry (PP), que no ano que vem passará a responsabilidade dos dois Prontos Socorros de Cuiabá e Várzea Grande para Organizações Sociais de Saúde (OSs), assim como fez com o Metropolitano de VG que, segundo Lúdio, vem atuando de forma ilegal, já que a Justiça r considerou o modelo de gestão irregular. Segundo o vereador, Henry está desmantelando o SUS em Mato Grosso.
 

“Temos um secretário que está desmantelando a Saúde Pública do Estado. Não dá pra aceitar o secretário que manda e desmanda na Saúde como ele [Henry] está fazendo. Ele está praticando um crime, pois a justiça já considerou o modelo OS ilegal”, disse.
 

Para tentar “barrar” que Organizações de Saúde administre Cuiabá, Lúdio criou uma proposta que pode não dar em nada, o “Abrace o Pronto Socorro”.
 

Ontem (9), Sindicalistas, Conselheiros de Saúde e estudantes contornaram o P.S de mãos dadas. No dia 23 de novembro a comitiva “Abrace o P.S” fará “barulho” em frente ao Palácio Paiaguás para tentar chamar a atenção do governador Silval Barbosa (PMDB). “Iremos realizar atos de denúncia e pressão política. A lei está sendo desrespeitada”, disse.
 

Por outro lado, o secretário de saúde não irá mudar de modelo de gestão e emplacará o sistema OS’s em Cuiabá e VG. Por telefone ele disse não se pronunciaria sobre as declarações do vereador. Limitou-se a pedir à reportagem que marcasse hora com sua assessoria.

Comente esta notícia