facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 15 de Julho de 2024
15 de Julho de 2024

17 de Outubro de 2017, 09h:30 - A | A

PAPO RETO / A GRANDE QUADRILHA

Vídeos e áudios da delação de Silval passam por perícia da Polícia Federal

DA REDAÇÃO



Os áudios e vídeos entregues pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB) em sua delação premiada à Procuradoria-Geral da República (PGR) já estariam sendo periciados pelo Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal, conforme determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux.

A análise deve verificar a veracidade dos conteúdos, como a possível existência de edição ou corte nas imagens ou gravações. Os vídeos entregues por Silval mostram deputados estaduais recebendo propina em troca de apoio à gestão do peemedebista. O filho do ex-governador, Rodrigo Barbosa, também gravou conversas em que parlamentares exigem dinheiro para aprovar as contas do ex-governador.

Os peritos ainda devem apontar, caso existam cortes e edições, se os conteúdos foram manipulados de forma fraudulenta e indicar em que momento foi detectado.

A suspeita de edição no conteúdo entregue por Silval foi levantada pelo ex-chefe de gabinete dele, Silvio Corrêa, que afirmou em conversa gravada pelo ex-secretário de Indústria, Alan Zanatta, que o ex-governador queria editar os vídeos antes de entregar ao MPF. Silvio teria dito ser contrário, pois o conteúdo perderia a validade.

O ministro do STF ainda determinou novos depoimentos de Silval, Silvio, Rodrigo, do ex-secretário da Casa Civil, Pedro Nadaf, e do empresário Genir Martelli.

 

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia