facebook-icon-color.png instagram-icon-color.png twitter-icon-color.png youtube-icon-color.png tiktok-icon-color.png
Cuiabá, 13 de Julho de 2024
13 de Julho de 2024

21 de Junho de 2024, 12h:59 - A | A

PAPO RETO / EM FALTA NO SUS

Lula se vacinou contra dengue em sigilo na rede privada em meio a epidemia

DO REPÓRTERMT



O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se vacinou em sigilo contra a dengue na rede privada enquanto no Sistema Único de Saúde (SUS) a falta de doses disponíveis fez o Ministério da Saúde limitar a vacinação ao público entre 10 e 14 anos.

A informação foi divulgada pela Folha de São Paulo, que obteve os dados por meio da Lei de Acesso à Informação. Lula tomou a primeira dose da vacina no dia 5 de fevereiro, quando o Ministério da Saúde ainda não tinha começado a distribuir as doses aos governos estaduais.

A segunda dose foi aplicada em 6 de maio, também sem divulgação. A Secretaria de Comunicação Social (Secom) do Governo Federal se recusa a informar o modelo da vacina, o nome do laboratório e o local em que o presidente foi imunizado.

O Brasil enfrenta a pior epidemia de dengue da sua história. Segundo o Ministério da Saúde, são 6 milhões de casos prováveis e quatro mil mortes apenas em 2024. Outros 2,8 mil óbitos estão sob investigação. Esses números, registrados até junho deste ano, superam o total registrado ao longo de 2023.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Comente esta notícia

Papo reto 21/06/2024

Diferentemente do inelegível...este confia nas vacinas... tanto é que tomou!

positivo
0
negativo
1

1 comentários

1 de 1