Cuiabá, 08 de Fevereiro de 2023
logo

08 de Dezembro de 2022, 16h:30 - A | A

GERAL / NO XADREZ

Vereador flagrado roubando gado é condenado a 8 anos de prisão

Ex-vereador Magnun Rodrigues (PSB) e seus comparsas foram condenados a 8 anos de prisão e terão que pagar R$ 10 mil às vítimas como reparação de danos.

JOÃO AGUIAR
DO REPÓRTER MT



O juiz da 2ª Vara Criminal de Primavera do Leste, Roger Augusto Bin Donega, condenou o ex-vereador Magnun Rodrigues (PSB), a 8 anos de prisão por integrar a quadrilha, que foi flagrada tentando roubar gado de uma fazenda próxima à rodovia MT-130 em setembro deste ano. Além dele, Marciano Correia Pereira, Joane dos Santos Marques e Uedes Pereira também foram condenados à mesma pena.

Magnun e seus comparsas foram flagrados tentando roubar o gado na Fazenda Santa Izabel, na zona rural de Primavera. Funcionários do local perceberam o crime, surpreenderam os bandidos e os amarram até a chegada da Polícia Militar.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

Leia mais

Vereador é preso roubando gado em MT e leva surra

Vereador flagrado roubando gado está em coma

Magnun chegou a ser sedado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e respirar com a ajuda de aparelhos após cirurgia. Devido à gravidade do quadro de saúde, Magnun foi transferido para o Hospital Regional de Rondonópolis. 

Além da prisão, o juiz Roger Donega também suspendeu os direitos políticos do parlamentar, que chegou a ser presidente da Câmara de Vereadores de General Carneiro, entre 2019 e 2020. Os envolvidos também deverão pagar R$ 10 mil às vítimas como reparação de danos.

“Com o trânsito suspendo os Direitos Políticos do Réu, e faço com fundamento nas letras do artigo 15, inciso III, da CF/88, oficie-se o TRE após o trânsito em julgado desta decisão”, anotou Donega.

Comente esta notícia